Tipos de Queimaduras

Queimaduras por contato

As queimaduras por contato são as mais fáceis de acontecer e bastante comuns no ambiente doméstico. Acontecem quando um indivíduo toca uma superfície condutora energizada e cria um caminho para a condução da corrente através de seu corpo. As queimaduras podem ser locais e/ou profundas atingindo até a parte óssea. Também podem ser muito pequenas, deixando apenas uma mancha branca na pele. Nesses casos, é de grande importante o acompanhamento posterior da saúde do acidentado para que desenvolva doenças iniciada pela passagem da corrente elétrica, por exemplo, problemas renais ou infecções.

Queimaduras por arco voltaico

O arco elétrico caracteriza-se pelo fluxo de corrente através do ar, ou seja, pela ruptura do dielétrico entre uma fase e outra ou entre fase e terra. Geralmente é gerado no momento da conexão e desconexão de dispositivos energizados, mas pode ser causado também pela poeira em suspensão, pela sujeira, pela umidade, pela corrosão, pela queda de ferramentas não isoladas entre outros.

A falha no isolamento dos condutores também pode causar um curto circuito, que também é um arco voltaico. A consequência do arco são queimaduras de segundo ou terceiro grau. Vale lembrar que o arco elétrico possui energia suficiente para queimar as roupas e provocar incêndios, emitindo vapores de material ionizado e raios ultravioletas.

Queimaduras por vapor metálico

Na fusão de um elo fusível ou condutor, há a emissão de vapores e derramamento de metais derretidos podendo atingir as pessoas localizadas nas proximidades. Esse vapor se apresenta em altas temperaturas e além de queimaduras na pele, pode ocasionar queimaduras nos olhos e nas vias aéreas a partir da inalação.

Acesse AQUI a Cartilha para tratamento de emergências das queimaduras do SUS

Faça o Treinamento NR10.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *