Por que o ELETRODUTO CORRUGADO é SANFONADO?

Você já parou para se perguntar: “Porque o eletroduto corrugado é sanfonado?”

Para quem não sabe, os eletrodutos corrugados são aqueles tubos que ficam dentro das paredes, das lajes ou nos pisos, e servem de caminho e proteção a fiação elétrica.

Geralmente, nós os encontramos nas cores amarelo, laranja e até na cor preta para alguns casos.

Continue lendo e você vai descobrir essa curiosidade.

 

 

Por que temos eletrodutos de várias cores ?

Basicamente as cores, por padrão, indicam a resistência e aplicação destes produtos.

O amarelo é mais embutir nas paredes. Já o laranja  para aplicação embutida em lajes e até no pisos internos. Ele é  mais reforçado do que o amarelo. Dessa forma,  é mais ideal para esses serviços.

O preto já é um modelo mais específico para dutos acima de 1. 1⁄4 polegada. Ele é muito usado em instalações externas, seja de alimentação elétrica, distribuição de circuitos em áreas externas, etc.

Então, já anota essa dica das cores para errar na escolha. Eu mesmo já coloquei eletroduto amarelo em laje. Já até enterrei um deles no chão, por não conhecer mesmo a diferença. Mas hoje, se dá para seguir o padrão e ensinar direito, bora fazer o certo né?

Por que o conduíte é sanfonado?

Bom, o primeiro motivo e até meio lógico é a sua flexibilidade!

Usando conduítes podemos fazer curvas sem muito esforço, ele é totalmente maleável e de fácil manuseio, isso agiliza muito nosso tempo caso seja uma instalação 100% embutida. Usar os eletrodutos rígidos nessas situações é muito mais trabalhoso, precisamos usar curvas ou até mesmo esquentar a tubulação com soprador térmico para moldar conforme a necessidade, então o eletroduto corrugado é uma mão na roda comparado ao rígido.

Tá tudo bem que ele é flexível e tal, mas porque ele é sanfonado, porque tem os anéis em relevo, como se fosse o fole de uma sanfona mesmo?

A sanfona no eletroduto tem dois motivos:

1 - Ela ajuda na resistência mecânica do produto, o que diretamente aumenta também a flexibilidade. Se você pega um conduíte e compara com uma mangueira lisa de água, por exemplo, ao dobrar você vai perceber que ele vai se contorcer mais fácil que ela.

2 - O fato de ter anéis sanfonados do lado de fora principalmente, ajuda também na hora de embutir, ou seja na hora de chumbar na parede, ao jogar massa para tapar o conduite, essa massa entra dentro desses anéis e praticamente se funde a tubulação. Na hora que seca, praticamente vira uma coisa só, então o conduíte por ser todo cheio de ranhuras, podemos dizer assim, ajuda também a fixar a massa de reboco sobre ele na parede.

 

Isso é meio lógico né, onde você acha que a massa vai “grudar” melhor, em uma superfície lisa ou em uma mais irregular, então até nisso é pensado para facilitar as obras.

Além disso, gente, nem todo eletroduto é igual e existem normas que padronizam a utilização, a mais conhecida é a (NBR-15465). Então fique ligado nisso, beleza?

 

Adquira com 20% de desconto: Curso de NR10 Engehall

E conheça nosso curso NR35, Trabalho em Altura.

Escrito por: Eduardo Miranda dos Santos

Aprenda os 3 Pilares para se tornar Eletricista, agora mesmo
e de forma 100% grátis.
CURSO-GRATIS

SIM! Eu quero realizar o Curso
de Eletricista Gratuito

© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS À ENGEHALL – Curso NR10 Online.

chevron-down