Obstáculos e Anteparos

Os obstáculos são formas implementadas no sistema, destinadas a impedir o contato involuntário de pessoas ou animais, com partes vivas (energizadas) de um determinado circuito. Entretanto não evita este contato quando há uma ação deliberada e voluntária de ignorar ou contornar este obstáculo. Um exemplo são os muros ou grade de uma cabine primária, porém se alguém pular o muro para pegar um objeto dentro da subestação correrá o risco.

Os obstáculos devem impedir:
A. Uma aproximação física não intencional das partes energizadas;
B. Contatos não intencionais com partes energizadas durante atuações sobre o equipamento, estando o equipamento em serviço normal.

Os obstáculos podem ser removíveis sem auxílio de ferramenta ou chave, mas devem ser fixados e sinalizadosde forma a impedir qualquer remoção involuntária. As distâncias mínimas a serem observadas nas passagens destinadas à operação e/ou manutenção são aquelas indicadas na tabela abaixo e ilustradas na figura. Em circunstancias particulares, pode ser desejável a adoção de valores maiores, visando a segurança.

Distâncias mínimas a serem obedecidas nas passagens destinadas à operação e/ou manutenção quando for assegurada proteção parcial por meio de obstáculos.

Nr10 é na Engehall !

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta