Tudo sobre a reciclagem NR10

O curso NR10 reciclagem é uma das formas de se manter como uma excelente opção no mercado de trabalho. Hoje estarei te trazendo tudo o que você precisa saber sobre o curso, desde a norma em si até mesmo onde fazer.

Não é de hoje que o trabalho com eletricidade tem sido questionado como realmente seguro por vários dos especialistas no assunto. Afinal de contas a irresponsabilidade no trato de qualquer profissão pode trazer algum tipo de risco.

Veja por exemplo o trabalho de um bombeiro, mesmo tomando todas as medidas necessárias, ele ainda pode se envolver em um acidente.

A eletricidade, embora seja relativamente muito mais segura do que ter que lidar com acidentes e incêndios o tempo todo, ainda é uma modalidade de trabalho que vai pedir algum tipo de cuidado especial.

Assim a melhor escolha é seguir todas as normas e procedimentos corretos. Principalmente utilizando os EPIs e EPCs corretamente.

Qualquer empresa que se prese precisa ter um time de técnicos de segurança completamente capaz à disposição. Entretanto vale a pena notar que eles não fazem todo o trabalho sozinhos.

Existem normas que regulam o trabalho com eletricidade, desde níveis mais baixos de potência até os mais altos, que normalmente são encontrados em indústrias ou mesmo em centros de repetição ou distribuição de energia.

A principal destas normas para este tipo de trabalho é a norma NR10, uma excelente solução para a prevenção da maioria dos acidentes na área.

Então inevitavelmente todos os envolvidos na área precisam de uma ajuda com este assunto. Alguns até mesmo já foram capacitados, mas a lei exige um curso de reciclagem.

Sendo assim gostaria de falar hoje sobre o curso NR10 reciclagem. Quero levantar tudo sobre o assunto e falar dos principais disponíveis no mercado.

Vamos conferir?

O que é a Norma NR10?

Já que estamos falando de um material para relembrar da norma, vale falar um pouco dela. Até porque entender ela a fundo é exatamente o que faz com que você entenda o motivo por trás da reciclagem em si.

Primeiramente é fácil dizer que a Norma Reguladora 10, ou NR10, é uma norma que busca prevenir acidentes, garantindo a segurança, bem estar e saúde do trabalhador exposto a riscos elétricos.

A norma em si prevê várias medidas e é essencial para quem trabalha na área.

Um dos principais motivos da reciclagem em si é pelo fato de que a tecnologia está em constante mudança. Problemas, proteções e soluções que não existiam até um ano atrás, podem aparecer no próximo.

Por isso o texto em si da norma é constantemente atualizado. Ela foi redigida na década de 60, e desde então já ganhou vários adendos e informações cruciais.

Não é uma tarefa fácil, mas definitivamente não estamos falando de uma meta impossível. Seja como for é importante estar sempre pesquisando possíveis mudanças.

Um segundo fator de necessidade da reciclagem é o fato de que decoramos aquilo que repetimos. Às vezes você pode mudar de setor ou de tarefa na empresa. O que garante que você lembra o que viu da última vez?

Se você não faz constantemente, precisará ser constantemente lembrado.

Aqui vai mais um lembre importante da norma:

Quais os principais acidentes cobertos pela NR10?

Entender o que pode acontecer com você enquanto trabalha com a eletricidade muitas vezes é o melhor jeito de se prevenir contra problemas sérios. Então minha principal dica seria conhecer cada um deles.

Aqui está uma lista por ordem do mais comum para os mais raros. Mas lembre-se, todos podem oferecer riscos graves.

1 – Choques elétricos

Quem nunca tomou um choque na vida que atire a primeira pedra. Desde que a eletricidade foi inventada e popularizada a população acaba tomando um ou outro choque por aí.

Acredite, este acontecimento pode na maioria das vezes não oferecer um risco. Digo isto porque a maioria das vítimas estão em ambientes domésticos lidando com circuitos de baixa ou baixíssima potência.

Porém mesmo assim o desconforto e a dor causada já são o suficiente para querer evitar. Claro, não estou dizendo que todo choque elétrico sofrido em casa é inofensivo. Há vários casos de óbitos.

O que vai diferenciar o tamanho do estrago é exatamente a quantidade de energia presente. Um choque é quando seu corpo se torna o condutor da eletricidade. Sendo de um fio a outro ou mesmo de um fio à terra.

Pessoas que trabalham sobre a norma NR10 precisam tomar cuidados exatamente porque estão constantemente em situações com maior potência.

Seja um cabo de alta tensão, ou um transformador ou até mesmo algum tipo de máquina. Estar vulnerável à eletricidade é perigoso.

O próprio choque muitas vezes pode causar queimaduras que chegam até o terceiro grau. Mas podem levar até paradas cardíacas.

Nosso coração funciona com estímulos elétricos, nosso corpo faz com que ele bata através de pequenos choques. Um choque muito grande que o atinja pode fazer com que ele sofra uma lesão irreparável.

2 – Queimaduras (NR10 reciclagem)

Existe um efeito estudado na física chamado de efeito joule. Basicamente ele diz o seguinte, toda transmissão de energia gera a perda de parte dela em uma transformação, no caso da energia elétrica o normal é perda de eletricidade em calor.

Deixe-me tentar te explicar essa coisa confusa. Quando você tem uma corrente elétrica passando por um fio, isto é uma forma de energia, no caso a energia elétrica.

Parte dela irá se perder como calor. Ou seja, se você tem uma corrente elétrica, você também terá calor sendo gerado.

Isto é proporcional à resistência do fio ou à potência total do circuito. Já viu um chuveiro ter os fios derretidos? O fato acontece porque você tem um fio mal conectado, gerando muita resistência em uma passagem grande de corrente.

O calor vai aumentar e você terá o derretimento da parte externa. Sendo que o próprio chuveiro e qualquer aquecedor elétrico funcionam da mesma maneira.

Você tem um fio condutor especial chamado popularmente de “resistência”. Ele suporta a passagem de uma grande corrente, o que vai fazer com que ele esquente. E isto aquece o ar ou sua água.

Ao fazer um curso NR10 reciclagem você provavelmente vai reaprender estes conceitos.

Mas seja como for este efeito em grandes equipamentos ou mesmo curto circuitos irá gerar o risco de uma queimadura. Seja pela superfície aquecer demais ou por iniciar um pequeno incêndio.

3 – Arcos voltaicos

Talvez você já tenha visto alguns pequenos estalos luminosos em alguma instalação elétrica. Este efeito é o chamado arco voltaico.

Basicamente é quando um material que não é bom condutor, acaba conduzindo energia. O ar é um exemplo muito comum, onde é possível ver este arco acontecendo.

Algumas pessoas até o utilizam para fazer entalhes em madeiras e metais, talvez você já tenha visto.

Quanto maior for a resistência, maior será a quantidade de potência para ele acontecer. E é aí que mora o perigo.

Sempre que um arco voltaico aparece ele estará ocorrendo com uma enorme quantidade de energia. E assim qualquer contato com ele irá gerar sérias consequências.

E como o seu corpo é melhor condutor do que o ar, aquela corrente toda irá preferir sua pele para chegar até o outro polo. Então a proximidade aumenta o risco.

Isto acontece normalmente quando se faz conexão, ou quando se remove uma, em um circuito energizado. Principalmente no tipo de ambiente em que as pessoas estão expostas e precisam da NR10.

Por isso fazer um curso NR10 reciclagem é tão importante.

4 – Explosões

O que acontece quando você tem um material possivelmente inflamável e uma fonte de calor? A resposta é fogo. Mas se a fonte de calor for muito grande ou o material for altamente inflamável, a liberação de energia pode gerar uma explosão.

Então é comum que profissionais que estejam em situações industriais precisem tomar muito cuidado com o ambiente. Exposição de produtos químicos, pilhas de papel ou mesmo uma potência elétrica absurda, podem gerar riscos enormes.

Minha recomendação direta é que você não tenha medo. Procure diretamente uma saída através de um conjunto de ações adequadas. E tenha conhecimentos básicos de como apagar um incêndio de origem elétrica.

Isto também é um assunto básico de qualquer curso NR10 reciclagem.

5 – Quedas

Uma outra causa muito comum que você precisa tomar cuidado na hora de trabalhar é com a queda de grandes alturas. E embora muitos tenham em mente a imagem de um prédio, a altura de 2 metros já é um assunto de importância legal.

Este é um assunto normalmente regido pela NR12, mas que qualquer curso NR10 reciclagem irá trazer para você.

A preocupação é real, pois algumas quedas, mesmo que só de 2 metros ou menos, podem deixar a pessoa gravemente machucada, motoramente inválida ou até mesmo levar ao óbito.

6 – Problemas com ambiente (desastres ou animais)

Não é incomum que alguém da área tenha que fazer trabalhos em campo. No caso em um local descoberto, seja em linhas de transmissão ou mesmo repetidoras.

Este tipo de trabalho trás alguns riscos, o mais comum já foi citado, que é a queda de grandes alturas. Entretanto é válido notar que um ambiente, principalmente um não urbanizado também pode oferecer riscos.

Estar trabalhando em estruturas metálicas muito altas, pode sem dúvida atrair descargas elétricas de relâmpagos. Receber este tipo de carga incontrolável é realmente um problema.

Entretanto ainda existe a chance da interação perigosa com animais selvagens. Desde vespas, abelhas e marimbondos até mesmo animais peçonhentos como cobras.

São raros estes tipos de acidentes, mas com certeza não devem ser ignorados.

Principais causas de acidentes (NR10 Reciclagem)

Embora os tipos de acidentes sejam diferentes de uma área para a outra, a causa deles normalmente é a mesma. Um pequeno descuido com alguns fatores pode te colocar em riscos sérios.

Aqui está mais uma lista dos que podem ser as prováveis causas:

1 – Cansaço

Um dos fatores mais preocupantes, e atenuantes, para a segurança do trabalho é em si a falta de foco pelo cansaço. Quando a pessoa não está devidamente descansada o primeiro fator a ser sacrificado é a atenção.

Se você não teve uma boa noite de sono, ou quem sabe várias noites de sono ruim, é possível que seu desempenho se torne bastante duvidoso.

O problema real é que com esta falta de atenção não só a produtividade e a qualidade do trabalho caem, mas o raciocínio fica mais lento. Alguns atos serão difíceis de julgar, e você pode ter dificuldades para realizar tarefas simples.

O cansaço pode ser tão deletério quanto estar embriagado, dependendo do nível. Então esta falta de atenção também causa a possibilidade de atitudes irresponsáveis.

Mas podemos adicionar como irmãos do cansaço o stress, depressão, pressa e fatores que fazem você trabalhar de modo improdutivo em geral.

2 – Materiais inadequados

Trabalhar sem as ferramentas corretas no mínimo irá aumentar o tempo necessário para executar uma tarefa. Mas muitas vezes a falta de proteção de uma ferramenta adequada pode gerar problemas.

Se seu alicate não estiver disponível pode ser difícil arrumar apoio. Ou então pode ser que o isolamento da ferramenta que você tenha não esteja legal.

Você pode desde levar um choque até ter um reflexo ao derrubar algo. Seja o que for você acabará tendo problemas para realizar tudo do jeito previsto. O que por si só já é bastante arriscado.

A falta de EPIs também é um fator muito complicado, já que eles não só protegem dos resultados do acidentes, mas garante que você não sofra vários deles.

Evitar que se queime a mão com uma luva te permite não ter movimentos bruscos e tocar me algo energizado.

Seja como for, só inicie os trabalhos com as ferramentas corretas!

3 – Imperícia

Este é um dos fatores mais comuns, já que várias pessoas não têm habilidade necessária para executar a tarefa com maestria.

E pior do que isso, essas pessoas se encontram em geral completamente longe do conhecimento necessário de procedimentos de segurança.

Quem quer ter um resultado de verdade precisa apostar em fazer tudo do jeito que aprendeu. Senão será difícil garantir um trabalho seguro.


Como escolher um Curso NR10 Reciclagem?

Já relembramos aqui quase tudo sobre a norma. E não poderia te deixar ir embora sem uma recomendação que fosse realmente útil. Afinal de contas só saber a norma nem sempre é suficiente.

Hoje é necessário provar seus conhecimentos através de certificados válidos, seja para a empresa que você trabalha ou para que a empresa possa apresentar este certificado para os órgãos fiscalizadores.

Um curso NR10 reciclagem obviamente só pode ser feito porque já tem uma formação na área, nada de surpreendente.

Entretanto esta reciclagem não necessariamente precisa ser oferecida pelo mesmo órgão que ele recebeu seu primeiro certificado.

Então tenho uma dica incrível para qualquer pessoa que queira mostrar um certificado válido e dentro do prazo.

Este é o curso de NR10 reciclagem da Engehall.

Uma das maiores empresas de capacitação profissional do mercado! Eles estão a mais de 10 anos fazendo com que pessoas comuns tenham a capacidade de rever seus conceitos e talentos de maneira maestral.

Então agora gostaria de apresentar um pouco mais deste curso.

Vantagens do curso NR10 reciclagem da Engehall

Existem vários motivos pelos quais você deve fazer esta escolha. Seja você um profissional que quer manter seu currículo poderoso e atualizado, ou mesmo o responsável técnico ou dono de uma empresa.

O principal ponto que você deve entender é que o curso da NR10 possui certificação reconhecida, e com alta excelência.

Esta é uma empresa que é afiliada do CREA, garantindo resultados incríveis em pouquíssimo tempo. São acostumados com a arte de treinar, pois já possuem mais de 70 mil alunos capacitados pelo Brasil.

Este curso em especial possui duas modalidades a serem escolhidas:

  • Curso NR10 Reciclagem normal
  • Curso NR10 Reciclagem SEP

Ambos possuem uma grade e conteúdos bastante semelhantes, entretanto o SEP possui qualificação quem vai trabalhar diretamente com alta tensão.

Todo o conteúdo programático é revisado constantemente e possuí a validade de 2 anos. Sendo disponível na modalidade presencial e online.

O curso presencial é entregue apenas para empresas, realizado no próprio espaço dela.

Já o curso na modalidade online pode ser feito por pessoas avulsas ou empresas também. Sendo que as empresas poderão rastrear o progresso dos alunos, garantindo excelentes resultados.

Todo tipo de dúvida pode obter uma resposta pelos instrutores através do Whatsapp.

E o melhor, o conteúdo completo é transmitido por pessoas capacitadas e de excelente didática. A assimilação é incrivelmente fácil por qualquer classe de escolaridade.

Como adquirir?

Se você é uma empresa que deseja um curso, seja ele presencial ou online, que irá garantir tanto o certificado quanto a segurança de seus funcionários, ou então se você é alguém que quer provar para o mercado que está capacitado, clique no botão abaixo:

Assim que você o fizer será reencaminhado para uma página com as instruções finais que precisa para começar a ter resultados.

Conclusão

Não é de hoje que achar um bom curso na internet é um desafio. E também é realmente difícil se manter atualizado, seja com um curso NR10 reciclagem ou algo do tipo.

Mas é importante lembrar que a segurança é uma necessidade, e você pode ter tudo isto fazendo as decisões corretas.

Então hoje você já tem acesso a um curso que pode ser começado sem pagar. Comece, veja se o conteúdo é realmente válido e então pague para realmente continuar.

Ou seja, você ainda pode provar para saber se tudo está do jeito correto. Podendo perguntar por mais dúvidas sempre que necessário.

Por hoje é isso, espero ter te ajudado, qualquer dúvida sobre o assunto estou à disposição aqui nos comentários, ok? Ou então é só chamar através da página de contatos.

Até a próxima dica!

© Todos Direitos Reservados | Engehall Elétrica | Curso NR10