Lâmpadas incandescentes de 60 watts não podem mais ser vendidas

Você sabia que desde o início do mês de julho as lâmpadas incandescentes de 60 watts não podem mais ser vendidas em nosso país?

Já estavam proibidas também as lâmpadas incandescentes de 100 W e 150 W, e até junho de 2017, as de demais potências deverão ser atingidas pela medida. O principal motivo deste tipo de lâmpada ser proibido é quanto a sua baixa eficiência, sendo que de 5% a 10% da energia utilizada para funcionamento da lâmpada é transformado em luz, e o que sobra é desperdiçada em calor.

Além disso, as lâmpadas incandescentes não conseguem durar mais de 2 mil horas. O que faz desse tipo de lâmpada ruim para o meio ambiente e ruim também para o bolso do consumidor.

A melhor alternativa quanto à eficiência de lâmpadas hoje no mercado, são as de LED. Esse tipo de lâmpada possui uma série de vantagens em relação as comuns. Uma lâmpada de LED de 10 W consegue iluminar o equivalente a uma incandescente de 60 W, podendo ainda ficar acessa por mais de 25 mil horas. Além disso, é produzida com materiais recicláveis e não esquenta, pois o bulbo é feito de plástico. Sendo assim é mais ecológica, econômica e segura.

Fonte: Cemig.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta