Isolamento das partes vivas – O que significa?

O isolamento das partes vivas é destinado, justamente, para impedir todos os contatos com as partes vivas da instalação elétrica através do recobrimento total por uma isolação que somente possa ser removida através de sua destruição.

As isolações dos componentes de uma instalação elétrica têm um papel fundamental na proteção contra choques elétricos.

Ou seja…

Todas as partes vivas de uma instalação elétrica devem possuir isolação que se dá através da cobertura dos condutores com material isolante não condutor de eletricidade.

O isolamento só pode ser removido através de sua destruição. Um exemplo de isolamento de partes vivas é a cobertura de cabos flexíveis utilizados em instalações elétricas prediais, cuja isolação consiste geralmente de uma camada de um material termoplástico termofixo, geralmente XLPE, aplicado em todo o comprimento do condutor.

Sendo assim, o isolamento das partes vivas deve ser compatível com os níveis de tensão do serviço.

Mas, vamos entender tudo isso melhor no vídeo abaixo. Assista:

Tipos de isolações:

  • Básica: aplicada às partes vivas para assegurar um mínimo de proteção. Ex: Isolação com fita isolante.
  • Suplementar: destinada a assegurar a proteção contra choques elétricos no caso de falha da isolação básica. Ex: Isolamento com fita isolante complementada por mangueira isolante.
  • Dupla: composta por isolação básica e suplementar. Ex: Cabo com dupla isolação.
  • Reforçada: aplicada sobre partes vivas, tem propriedades equivalentes às da isolação dupla.

O recobrimento total por uma isolação deverá ter as mesmas características do isolamento original do cabo.

Verificação de qualidade do isolamento das partes vivas

Bom, ensaios para verificar e certificar a qualidade desses isolamentos são regulamentados pela norma NBR 68/13. Sendo assim, esses dispositivos devem ser bem acondicionados para evitar o acúmulo de sujeira ou umidade que comprometam a isolação e possam tornar os condutores inseguros. Devem ser inspecionados e submetidos a testes periódicos.

Proteção contra Sobretensões e Sobrecargas

Sobretensões transitórias, assim como sobrecargas, podem danificar o isolamento de condutores devido ao aquecimento causado pelas altas correntes.

Portanto, é essencial prestar atenção especial às emendas e conexões, já que constituem as partes mais sensíveis de um circuito elétrico e devem garantir isolamento adequado ao nível de tensão.

Isolação Dupla e Reforçada

O objetivo da isolação dupla ou reforçada é propiciar uma segunda linha de defesa contra contatos indiretos. Ou seja, comumente sistemas de isolação dupla são utilizados em alguns eletrodomésticos e ferramentas portáteis. Por exemplo, furadeiras e lixadeiras.

A simbologia que indica a isolação dupla são dois quadrados com lados diferentes, um dentro do outro. Desse modo, o exemplo de dupla isolação está nos condutores de um padrão, onde além da isolação dos cabos, existe também uma camada conferida pelo eletrodo e por onde passam os cabos.

A isolação reforçada é um tipo de isolação única que confere a mesma proteção que a isolação dupla. Dessa forma, os cabos com isolação reforçada podem ser instalados em locais inacessíveis sem a utilização de invólucros ou barreiras, como eletrodutos, calhas fechadas, etc.

Colocação Fora de Alcance

Este tipo de proteção destina-se apenas a impedir contatos involuntários com as partes vivas. A colocação fora de alcance consiste basicamente no estabelecimento de distâncias mínimas a serem obedecidas nas passagens destinadas à operação e manutenção.

As concessionárias de energia elétrica estabelecem, através de suas normas de distribuição, o espaçamento mínimo entre a rede e as residências, para que as pessoas estejam seguras quanto a contatos involuntários com o sistema elétrico de potência.

Sendo assim, a NBR 14.039 estabelece os espaçamentos para instalações internas e externas e, em seu anexo à NR-10, apresenta as distâncias mínimas que delimitam radialmente as zonas de risco controlada e livre.

Agora que você já aprendeu um pouco mais sobre isolamento das partes vivas, esta na hora de investir em boas certificações, não é mesmo? 

Então, não perca tempo e clique agora no botão abaixo para se tornar o melhor eletricista profissional da sua região. 

Picture of Marlon Pascoal

Marlon Pascoal

Instrutor de Normas Regulamentadoras
Engenheiro Eletricista/Segurança do Trabalho
Crea: 172.438/D MG

VAI PERDER?

raio_icone

NR10 BÁSICO

R$ 275,00

R$ 185,00

Fazer Matrícula agora