Isolação Dupla ou Reforçada

Vários equipamentos são utilizados em locais e de forma que para a maior proteção do trabalhador é necessário um segundo nível de isolamento. A isolação dupla ou reforçada normalmente é aplicada a equipamentos portáteis, como furadeiras e parafusadeira elétricas manuais. Esses equipamentos são utilizados em locais e condições de trabalho variadas, e também por suas próprias características, requerem outro sistema de proteção, que permita uma confiabilidade maior do que aquela oferecida exclusivamente pelo aterramento elétrico.

A proteção por isolação dupla ou reforçada é realizada, quando utilizamos uma segunda isolação, para suplementar aquela normalmente utilizada, e para separar as partes vivas do aparelho de suas partes metálicas. Para a proteção da isolação, geralmente, são prescritos requisitos mais rígidos do que aqueles estabelecidos para a isolação funcional.

isolacao-dupla-ou-reforcada

Entre a isolação funcional e a de proteção, pode ser usada uma camada de metal, que separe, totalmente ou em parte. Ambas as isolações podem ser diretamente sobrepostas uma à outra. Neste caso as isolações devem apresentar características específicas de forma que a falha em uma delas não comprometa a proteção e não estenda à outra.

Como a grande maioria dos acidentes ocorre devido a defeitos nos cabos de alimentação e suas ligações ao aparelho, cuidado especial deve ser tomado com relação a este ponto no caso da isolação dupla ou reforçada. Deve ser realizada de tal forma que a probabilidade de transferência de tensões perigosas a partes metálicas susceptíveis de serem tocadas, seja a menor possível.

Faça o Treinamento NR10.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *