norma nr10

Guia Completo Sobre a Norma NR10

A Norma NR10 é sem dúvida nenhuma um dos grandes marcos para os profissionais da área da elétrica. Quem hoje deseja se encaixar no mercado de trabalho precisa se adaptar às necessidades.

Quem já trabalha com eletricidade, seja com reparos domésticos simples ou mesmo manutenções e instalações de redes de alta potência compreende que existem riscos na profissão. Afinal de contas praticamente qualquer trabalho irá apresentar algum grau de risco alguma hora.

A energia elétrica nos proporciona uma quantidade incrível de benefícios, e sem ela seria praticamente impossível garantir uma vida moderna confortável. Mas vale a pena dizer que ela também é uma força da natureza bastante ameaçadora quando quer.

Acidentes com eletricidades podem variar de pequenos choques incômodos até mesmo grandes explosões. As pessoas que já presenciaram o estouro de um transformador de poste sabem realmente como o barulho é alto!

Então trabalhar diretamente com a energia vai exigir uma série de medidas de segurança. Entre elas estão os equipamentos de proteção, técnicas básicas, saber como a energia se comporta e vários outros fatores.

Entretanto é justo dizer que realmente existem muitos profissionais na área, principalmente os liberais que não possuem ideia de todas as ações e equipamentos necessários para se proteger.

Outros ganham confiança e acabam exagerando nas brincadeiras, o que é muitas vezes um risco desnecessário e fatal.

Então década de 60 a popularização e já dependência da tecnologia fez com que se criassem as normas específicas da área. A principal é a Norma NR10, que trata de toda a segurança de quem trabalha com a eletricidade.

Hoje gostaria de trazer para você destalhes bastante específicos sobre a atuação segura e responsável da profissão. Mostrando os principais pontos e motivos pelos quais você vai querer se capacitar diretamente com esta norma.

Vamos conferir?

curso nr10

O que é a Norma NR10?

Nos anos 60 o Ministério do Trabalho e Previdência Social (MTPS) criou a norma para ajudar a prevenir acidentes, além de garantir a segurança e até mesmo a questão de saúde de todos os que trabalham na área.

Como a tecnologia vem se atualizando constantemente, além do trabalho contínuo entregar novas informações, a norma NR10 é constantemente atualizada.

Os principais textos que trazem conteúdos diretos e completos são os seguintes:

  • Publicações da NR 10 MTE
  • Portaria MTB nº 3214 – 08 de junho de 1978
  • Portaria SSMT nº 12 – 06 junho de 1983
  • Portaria MTE nº 598 – 07 de dezembro de 2004
  • MTPS nº508 – 29 de abril de 2016

Ou seja, a tendência é que o conceito ainda possa ser bastante atualizado. Tudo depende diretamente de como a tecnologia irá se comportar nos próximos anos.

Esta tendência mostra que quem não deseja trabalhar conforme as melhores orientações tende a ficar para traz. Além de mostrar a necessidade constante de um bom profissional sempre buscar as melhores práticas do mercado.

Importância do conhecimento e aplicação da Norma NR10

Para que você tenha uma ideia mais geral do quadro e possa se sentir motivado a aprender um pouco mais, aqui estão os principais motivos para a aplicação hoje.

1 – Segurança

O principal motivo pode ser bastante óbvio, se você quer sobreviver, principalmente sem sequelas, ao seu trabalho é melhor tomar cuidado com o que faz.

Empresas muitas vezes ajudam com seguros de vida, mas é importante notar que nem todos eles dão uma cobertura realmente razoável.

Em segundo lugar é importante lembrar que principal o trabalhador autônomo vai possuir algumas situações ainda mais arriscadas. Ou seja, imagine que você nem ao menos faz o recolhimento de seu INSS, ter um acidente incapacitante pode ser um problema para a vida toda.

Ignorar o fato de que tratamentos também podem ser caros, não é uma boa ideia.

Mas independente do acidente e de seus resultados, o melhor é ficar longe de todos eles. A norma NR10 foi criada por profissionais, a ideia é trazer só as práticas que realmente vão te deixar muito mais seguro. Deixar de seguir elas não é nem de perto uma boa ideia.

2 – Aumenta a facilidade de contratação

Empresas que precisam atuar com eletricistas constantemente estão preocupadas com as melhores indicações possíveis. E acredite, ter um curso de NR10 no seu currículo faz toda a diferença.

Antes de mais nada mostra para o recrutador que você é um profissional confiável e responsável. Alguém que constantemente busca uma atualização profissional e capacidade para exercer melhor a sua função.

Outro ponto é que você será um risco a menos em potencial. Pequenas brincadeiras no âmbito de trabalho podem gerar consequências terríveis.

Se você pesquisar, é normal ver que um desleixo no trabalho ou mesmo um trote com colegas podem gerar acidentes graves que levam até a óbitos. O fato é que além de manchar a imagem da empresa, isto também gera consequências jurídicas para ela.

Assim o prejuízo de se lidar com este tipo de problema será não só humano, quanto financeiro.

Por outro lado também temos o risco de um trabalho mal feito, ou mesmo um acidente por descuido, acabar gerando um problema ainda maior.

Uma explosão de uma máquina, uma sobrecarga de um aparelho delicado e caro. Às vezes até mesmo um incêndio que irá consumir todo o local.

Talvez um acidente como este seria o maior prejuízo possível para uma empresa.

Então um profissional capacitado e consciente de sua segurança não irá trazer tantos riscos.

3 – É obrigatório

Muitos locais realmente exigem o conhecimento da norma em si para se trabalhar. Uma empresa com selos de qualificação precisa de profissionais certificadamente capacitados.

Então é normal ser recusado em uma entrevista de emprego exatamente por não ter este tipo de garantia de qualidade.

E claro, a maioria dessas empresas nem ao menos irão te convidar para uma entrevista, já que seu currículo não faz menção do curto.

Atenção! Várias empresas não avisam esta exigência em seus anúncios de vagas!

norma nr10

Quais os riscos do trabalho de eletricista?

Seja você um eletricista comum de instalação, ou mesmo de reparos, ou até quem sabe não seja diretamente um profissional da área, mas que precisa se relacionar com a eletricidade, é importante ter em mente os principais problemas e riscos que você irá enfrentar.

Neste caso vou listar aqui os acidentes mais comuns de se acontecer quando se está em um ambiente diretamente ligado à distribuição de eletricidade:

1 – Choques elétricos

O mais normal que iremos encontrar hoje em dia são os acidentes de choques elétricos. Quem já trabalha a algum tempo com eletricidade sabe que eles podem ser comuns.

Mas acontece é que muitas vezes eles variam de sustos com alguma situação desconfortável para um risco de vida altíssimo. São mais de 3000 mortes por choques elétricos todos os anos só no Brasil.

Pegue o número de profissionais que trabalham na área e verá que é realmente alarmante.

Entretanto o pior de tudo é saber que provavelmente a maioria dos casos poderiam ter sido evitados. Muitos deles foram causados por um descuido ou ignorância da pessoa.

Um choque acontece quando nosso corpo entra em contato com uma corrente elétrica. Nossa pele, músculos e todas as partes são condutoras de eletricidade que irão permitir uma corrente.

Claro, não somos tão bons condutores quanto fios de cobre, mas podemos ser um condutor dependendo da situação.

Havendo uma conexão entre dois polos, seja um pedaço de fio desencapado ou uma blindagem de aparelho mal feita, e tudo tendo um polo oposto, como por exemplo a terra, um choque irá acontecer.

Alguns deles são tão insignificantes que irão percorrer a parte mais externa da pele e não nós trará problemas. Até mesmo pode ser difícil sentir alguma coisa.

Entretanto a tensão pode ir aumentando, e conforme a tensão e correntes envolvidas a situação pode ser grave.

2 – Queimaduras

A norma NR10 também é bem enfática em lembrar do problema das queimaduras. Entenda, nenhuma forma de energia se dissipa de maneira pura.

Ou seja, parte da energia elétrica com certeza irá se dissipar na forma de calor. É o que chamamos de efeito joule, que é nada mais, nada menos, do que uma relação direta entre potência e geração de calor.

Quanto maior a potência, maior será o calor gerado.

Este fenômeno em si é bastante útil, pois nos permite criar a famosa resistência de chuveiro. Ou mesmo podemos citar aparelhos mais modernos como a fritadeira a ar e semelhantes.

Seja como for este é um efeito natural, e não há como controlar ele sempre. Então é comum que as pessoas envolvidas com a eletricidade possam sofrer queimaduras.

Como qualquer acidente de trabalho isto pode ir de uma gradação leve até algo extremamente perigoso. Um exemplo para você seria talvez queimar a mão com um pequeno choque.

Note que ao ter um curto circuito é normal existir um estalo com faíscas. Isto acontece porque o circuito diminui a quase zero sua resistência. Ou que aumenta exponencialmente a potência, produzindo um resultado violento do efeito joule.

Assim como pode acontecer em qualquer local. Você pode estar dando uma manutenção em um equipamento e um curto pode até mesmo criar uma chama que trará grandes queimaduras.

Ou mesmo o próprio choque elétrico mais forte irá gerar tanto fogo quanto ondas de altíssimo calor em sua pele.

3 – Arco voltaico (um dos mais perigosos mencionados na norma NR10)

Realmente o arco voltaico é um dos fenômenos mais perigosos que você vai encontrar ao trabalhar com a eletricidade.

Basicamente é possível observar o feixe de energia de maneira visível se conduzindo por um material que seria naturalmente isolante. Como por exemplo o ar, que é o mais comum.

Isto pode gerar uma quantidade de calor absurda, muitas vezes superando até mesmo os 15000 graus célsius. Algo realmente perigoso.

Normalmente ele surge da conexão ou desconexão de um fio ou aparelho elétrico. Quanto maior for a potência utilizada, maior as chances de aparecer um arco. E claro, maior a potência, maior o dano.

Os riscos podem passar desde queimaduras de segundo grau até as mais graves, podendo facilmente levar a óbito.

E acredite, não é exatamente um motor de alta potência ou um cabo de alta tensão que irão gerar este risco. Até mesmo aparelhos domésticos como um chuveiro podem apresentar este comportamento.

4 – Riscos variados

Existem vários tipos de problemas que também podem ser associados à profissão que a norma NR10 irá tratar de maneira específica.

Pense por exemplo em quem irá fazer uma instalação em zona rural, ou então irá fazer uma manutenção em cabos de uma empresa de energia em locais mais reservados.

Não é impossível encontrar riscos com animais peçonhentos, por exemplo. Quem é eletricista de carreira provavelmente já teve problema com abelhas, vespas ou marimbondos.

Uma picada já pode ser um problema sério para os alérgicos, mas os ricos de derrubar uma colmeia inteira e ser alvo de um enxame são altos.

Além disso as pessoas que trabalham com instalações em grandes altitudes podem sofrer quedas fatais ou incapacitantes.

Já os que fazem manutenções em empresas de maior porte, podem sofrer riscos de explosões ou exposições a agentes químicos.

Se existe algum risco provável, a norma NR10 irá tentar arrumar alguma instrução para te ajudar.

curso nr10 online

Onde aprender mais sobre a norma NR10?

Existem vários caminhos que você pode trilhar para se considerar um profissional totalmente capacitado. Afinal de contas a informação sobre normas de segurança é de livre acesso para qualquer um.

Entretanto ir diretamente ao texto não te garante nenhum tipo de certificado. Além do fato de que provavelmente você não vai conseguir decorar tudo e colocar em prática deste modo.

O mais seguro sem dúvidas é apostar em uma atitude mais coerente e lógica. Muitas vezes sendo o mais indicado um curso de NR10.

Através de um curso você receberá todos os dados de maneira didática, podendo aprender tudo na prática e tendo acesso a alguém que pode realmente tirar suas dúvidas.

O grande problema para muitos é realmente encontrar quem tenha um curso decente. Não me leve a mal, mas a internet está recheada de pessoas mal intencionadas querendo entregar produtos de péssima qualidade.

Então estamos trazendo para você o melhor curso da norma NR10 possível!

Este é o curso NR10 da Engehall. Uma empresa que está a mais de uma década entregando cursos da melhor qualidade possível.

Por que o curso NR da Engehall vale a pena?

Existem vários motivos pelos quais você deveria dar uma chance para o material da Engehall. Aqui está uma lista dos mais importantes para a maioria dos mais de 70 mil alunos satisfeitos.

1 – Conteúdo de qualidade

Todo o material apresentado neste curso é resultado de pesquisas amplamente qualificadas. Além de entregar para o aluno uma linguagem fácil e didática.

Esta é a primeira plataforma no mercado que permite o aluno a praticar combate a princípios de incêndios e primeiros socorros em simulações bastante instrutivas.

O aluno e o professor podem interagir de forma natural e bastante eficaz, garantindo excelentes resultados.

Além disso você terá uma equipe de atendimento de plantão através do Whatsapp, que irá te ajudar mesmo fora do horário comercial.

Tudo o que está disponível é feito pelos melhores especialistas da área. Garantindo para você uma excelente assimilação do conteúdo.

2 – Facilidade de pagamento

Além de te ajudar a encontrar as formas de pagamento mais eficazes para você, é possível receber acesso ao curso de maneira imediata! Não há nenhuma necessidade de esperar em filas ou algo do tipo.

E o melhor, você ainda possui garantias, pois se não gostar do produto pode receber seu dinheiro de volta na mesma hora.

3 – Facilidade de acesso e mais de uma modalidade

Se você é um profissional liberal que quer se capacitar, ou mesmo é dono de uma empresa que está precisando treinar seus colaboradores, o que não falta são facilidades.

O treinamento pode ser feito de maneira online ou presencial. Assim você terá acesso aos mais variados conteúdos sem que seus funcionários precisem ficar um tempo a mais por isso.

Mas se você quiser a Engehall também pode proporcionar treinamentos presenciais. Basta entrar em contato que eles irão fazer sua empresa ir além.

4 – Certificado reconhecido

O certificado é completamente reconhecido. Seja onde for o profissional habilitado com o curso NR10 da Engehall conseguirá levantar todas as suas credenciais.

Entretanto é importante dizer que o curso possui validade de 2 anos. Mas para quem precisar também é disponibilizado o curso de reciclagem no mesmo local.

Inclusive é disponibilizado um curso separado da Norma NR10 SEP, que é focado em trabalhadores expostos a alta tensão.

Todos os produtos ainda são acompanhados de um curso de eletricidade gratuito de bônus. Onde os profissionais poderão fortalecer suas bases e ainda aprender novos conceitos.

curso online nr10

Onde adquirir?

Se você realmente quer dar um pulo a mais na sua carreira, e então conquistar tudo aquilo o que um profissional da elétrica pode, clique no botão abaixo:

Guia Completo Sobre a Norma NR10

 

Você será redirecionado para uma página com todas as informações restantes sobre o curso.

Conclusão

No mais é isso, espero que estas informações tenham sido úteis para o seu esclarecimento. Entretanto estou à disposição para tirar qualquer dúvida nos comentários, ok?

Lembre-se, a segurança é um fator fundamental de quem quer ter uma carreira próspera. Não deixe para se capacitar depois.

© Todos Direitos Reservados | Engehall Elétrica | Curso NR10