Extra baixa tensão: SELV E PELV

Definição:

A segurança de um Sistema de Extra Baixa Tensão (SELV) deriva da baixa voltagem apresentada por ele, um sistema PELV (do inglês protected extra-low voltage), Sistema de Extra Baixa Tensão Protegido tem as mesmas características, diferenciado somente por não ser eletricamente separado da terra. Em ambos a voltagem não deve exceder 120 volts em corrente contínua e 50 voltes em corrente alternada, de maneira que ela seja sempre muito baixa para causar uma corrente com potência suficiente para causar um choque elétrico nocivo ao ser humano.

O ser humano não deve fazer contato com correntes em nenhuma voltagem, uma vez que não está preparado para suportar os efeitos da corrente no corpo. Por isso as partes vivas dos sistemas devem estar protegidas, porém, quando elas não podem ser isoladas ou protegidas, devem ser alimentadas a baixa voltagem entre 120 volts em corrente contínua e 50 volts em corrente alternada. Mesmo nessas condições que oferecem risco menor, às vezes ainda é preciso isolar o sistema, por exemplo, para a prevenção de curtos.

Assista o vídeo de extra baixa tensão:

Características:

O SELV é um sistema eletricamente separado da terra, de outros sistemas e de tal modo que a ocorrência de uma única falta não resulta em risco de choque elétrico. Já um sistema PELV, não é eletricamente separado da terra, mas que preenche, de modo equivalente, todos os requisitos de um SELV.

Para ser considerado como um Sistema de Extra Baixa Tensão (SELV), uma instalação deve apresentar as seguintes condições:

1 – Deve ser impossível para a o sistema de extra baixa tensão entrar em contato com um sistema de baixa voltagem. Para isso a instalação deve ter os terminais protegidos contra o surgimento de uma baixa voltagem.
2 – Não deve existir nenhuma conexão, seja entre as partes vivas do sistema SELV e a terra, seja entre o sistema de proteção contra correntes de baixa voltagem. O perigo nessa situação é que o aterramento ou outro sistema pode apresentar aumento na voltagem da tensão em condições de falha e essa tensão ser absorvida no sistema SELV.
3 – Deve existir uma separação física entre os condutores do sistema.
4 – Plugs e soquetes do SELV não devem ser interligáveis com aqueles do sistema, isso previne que o sistema SELV seja acidentalmente conectado a um sistema de baixa voltagem.
5 – Plugs e soquetes não devem ter uma proteção de conexão. Isso previne a mistura de aparelhos SELV e FELV.
6 – Acopladores de suporte para luminárias com sistema para aterramento não devem ser utilizados.

Curso de NR10 é na Engehall.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta