Como ocorrem os curtos circuitos

Muitos acidentes são causados por curtos circuitos, um curto é definido pela rápida passagem de corrente elétrica acima do normal no circuito devido à redução da resistência nele, isso pode acontecer por defeitos, mal uso de equipamentos ou por contatos indevidos. A elevação da passagem de corrente pelo circuito faz com que surjam esforços mecânicos nos equipamentos e nos pontos de ligação e o aquecimento elevado de todo o sistema.

Essas características levam a reações violentas já que existe violenta dissipação de energia. Curtos envolvendo arcos elétricos tendem a acarretar em fagulhas, incêndios e explosões, além disso, um curto circuito no sistema pode levar ao surgimento de outros e a um efeito em cadeia.

Por isso é importante a existência de medidas de proteção contra curtos. Em médias e altas tensões, os equipamentos utilizados devem suportar os efeitos mecânicos gerados por um curto circuito e deve existir proteção contra os efeitos térmicos. Já no caso de baixas tensões, existem equipamentos limitadores que cortam a corrente no momento do curto.

Porém, mesmo com as proteções existentes nos circuitos e nos equipamentos, é importante que os usuários façam o uso responsável dos eletrônicos no dia-a-dia. Um fio solto, uma tomada com o plug torto e o descaso com os perigos da eletricidade, muitas vezes, podem ser o motivo de acidentes graves.

*Fonte: http://agoraeletrica.blogspot.com.br/2011/06/o-que-e-curto-circuito.html e http://www.brasilescola.com/fisica/curtocircuito.htm

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta