O Curso NR10 Sep (Sistema Elétrico de Potência) ou Complementar é direcionado para profissionais que trabalham com eletricidade de média e alta tensão.

Responsabilidades

Empresa
Empregados
SESMT – Serviços especializados em engenharia de segurança e em medicina do trabalho
CIPA – Comissão interna de prevenção de acidentes

ACIDENTES TÍPICOS – ANÁLISE, DISCUSSÃO, MEDIDAS DE PROTEÇÃO

Este módulo se presta a informar alguns acidentes típicos no âmbito da alta tensão energizada e dentro do SEP acompanhados de exercícios didáticos a fim de se alcançar por meio de ações os seguintes objetivos:

A. conhecer casos de acidentes em detalhes, na medida do possível;
B. analisar os motivos pelos quais o acidente ocorreu;
C. promover discussão, tanto em âmbito técnico, como em âmbito comportamental, sobre todas as nuances possíveis em relação ao infortúnio relatado;
D. propor medidas que eliminem a probabilidade de voltar a ocorrer o sinistro.

TREINAMENTO EM TÉCNICAS DE REMOÇÃO, ATENDIMENTO, TRANSPORTE DE ACIDENTADOS

Neste módulo o tema de primeiros socorros/ atendimento pré-hospitalar é dividido em três abordagens básicas, sendo que iniciaremos com os esclarecimentos ligados às atitudes do atendente, para só então promover os esclarecimentos prévios naquilo que diz respeito aos aspectos físicos do corpo humano, quer seja de natureza anatômica ou biológica, assim como a descrição das práticas das melhores técnicas a serem utilizadas no momento necessário por parte desse atendente.

LIBERAÇÃO DE INSTALAÇÃO PARA SERVIÇO E PARA OPERAÇÃO E USO

No Glossário da NR-10:
“Instalação Liberada para Serviços” (tanto em baixa como em alta tensão) é aquela que garanta as condições de segurança ao trabalhador por meio de procedimentos e equipamentos adequados, desde o início até o final dos trabalhos e liberação para uso.

SINALIZAÇÃO E ISOLAMENTO DE ÁREAS DE TRABALHO

A sinalização tem como ênfase o envio de uma mensagem que, em princípio, é endereçada ao leigo, isto é, pessoa não advertida do risco elétrico.
Conseqüentemente, partindo justamente da premissa de que se está tratando com uma fonte de energia abstrata e invisível como a eletricidade, todo e qualquer aviso, por mais redundante que pareça será insuficiente para, por si mesmo, promover segurança.

SEGURANÇA COM VEÍCULOS E TRANSPORTE DE PESSOAS, MATERIAIS E EQUIPAMENTOS

O transporte de pessoas e cargas em geral requer cuidado especial, visando evitar acidentes. Para tanto, o motorista deve dirigir com a necessária cautela, evitando velocidades incompatíveis com a situação e freadas ou manobras bruscas. Não deve ser permitido ao motorista inspecionar ou procurar defeitos na rede, operar o rádio ou tomar qualquer outra atitude que desvie sua atenção da tarefa de dirigir, estando o veículo em movimento. Deve haver, sempre, um estojo de primeiros socorros adequado para cada tipo de veículo.

POSTURAS E VESTUÁRIOS DE TRABALHO

A base para este módulo é o subitem 10.3.10 da NR 10:

10.3.10 Os projetos devem assegurar que as instalações proporcionem aos trabalhadores iluminação adequada e uma posição de trabalho segura, de acordo com a NR 17 – Ergonomia.

Desse modo, podemos depreender que postura adequada no trabalho, além de ser compulsório pela NR 17 (vide item 1.1 da NR nº 1 citada no capítulo 18), o é pela NR10.

Quanto às vestimentas adequadas para trabalhos em instalações e serviços com eletricidade, que segundo o subitem 10.2.9.2 da NR 10 devem ser adequadas às atividades, devendo contemplar a condutibilidade, inflamabilidade e influências eletromagnéticas.

Equipamentos de Proteção Individual – SEP

Na inviabilidade técnica da adoção de medidas de segurança de caráter coletivo ou quando estas não garantirem a proteção total do trabalhador, ou ainda como uma forma adicional de proteção, deve ser utilizado equipamento de proteção individual ou simplesmente EPI, definido como todo dispositivo ou produto individual utilizado pelo trabalhador, destinado à proteção de riscos suscetíveis de ameaçar a segurança e a saúde no trabalho (fundamentado na NR-6).

Assista o vídeo animado da Engehall e saiba mais sobre os EPI’s:

SISTEMAS DE PROTEÇÃO COLETIVA

Os EPC são dispositivos, sistemas, fixos ou móveis de abrangência coletiva, destinados a preservar a integridade física e a saúde dos trabalhadores, usuários e terceiros.

As ferramentas utilizadas nos serviços em instalações elétricas e em suas proximidades devem ser eletricamente isoladas, em especial aquelas destinadas a serviços em instalações elétricas energizadas.

Assista o vídeo animado da Engehall e veja mais sobre os EPC’s:

EQUIPAMENTOS E FERRAMENTAS DE TRABALHO

Antes de qualquer outra atitude, a ferramenta ou equipamento certo deve ser escolhido, para só então poder ser usado.

A conservação efetiva só se configura quando houver verificação das condições desse equipamento ou ferramenta, por meio de uma inspeção que, no caso de materiais utilizados em alta tensão energizada, deve implicar em submeter essa ferramenta ou material a ensaios.