🔍 Tem TRÊS (ou quatro) ERROS nesse QUADRO❗️ Você é CAPAZ de DESCOBRIR❓

⚡️ AULA GRATUITA: Como Fazer Uma Instalação Elétrica Completa do Zero, Com Facilidade, Mesmo que Você Não Seja Um Eletricista Profissional: https://ift.tt/2B6Mgwh ⚡️
——

✋🏻 Para os NÃO INSCRITOS 🔴 “NÃO CLIQUE NO LINK” 🚫: https://ift.tt/2pb2BgS
——

👉 Conheça o Curso Gratuito de Eletricista da Engehall Elétrica:
https://ift.tt/2B2XaDh
——

👉 Conheça o Curso de Comandos Elétricos da Sala da Elétrica:
https://ift.tt/31jv3dN
——

✅ Gostou desse vídeo?
– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –
✍️ Deixe seu comentário
📢 Compartilhe com os amigos
🕵 Siga nossas redes ➽ https://ift.tt/2MyzEU5
– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –

👉 Curso NR10 com 20% de desconto:
https://ift.tt/2OEFKoH
——

Você sabe onde está o “coração” da sua instalação elétrica? isso mesmo, toda instalação tem ou pelo menos deveria ter, que é exatamente o quadro de distribuição de circuitos o “coração” da sua instalação elétrica. É nele que se encontram os dispositivos de proteção como por exemplo, disjuntor, DPS e DR. Pensando na importância do quadro de distribuição e a dificuldade e duvidas relacionadas ao QDC, preparamos este artigo, explicando detalhadamente como montar um quadro de distribuição residencial, vamos lá pessoal!

O que é quadro de distribuição?
O quadro de distribuição é obrigatório em todas as instalações elétricas, pois é onde se localiza os dispositivos de proteção de uma instalação elétrica residencial, industrial, comercial etc. O quadro de distribuição é responsável por armazenar, proteger os dispositivos de proteção e faz a distribuição de todos os circuitos da instalação.

Podemos destacar que o quadro de distribuição também é conhecido por muitas pessoas como quadro geral, quadro de disjuntor e QDC (quadro de distribuição de circuitos). O quadro de distribuição pode ser encontrado em PVC ou metálico, nas residências o mais comum é em PVC, por ser mais barato. O QDC de ferro é mais usado em indústria e na montagem de comandos, tanto o quadro de distribuição de PVC quanto o metálico são encontrados de embutir e sobrepor.

O que são dispositivos de proteção?
Os dispositivos de proteção são responsáveis por proteger sua residência de eventuais problemas como por exemplo, fuga de corrente elétrica, curto circuito e sobretensões. Os dispositivos responsáveis por essa proteção são disjuntor, DR (diferencial residual) e DPS (dispositivos de proteção contra surtos), são os principais componentes de um quadro de distribuição.

Componentes de um quadro de distribuição.
Os principais componentes de um quadro de distribuição são barramentos de neutro e aterramento, trilho tipo DIN, disjuntor, DR (diferencial residual) e DPS (dispositivos de proteção contra surtos). Existem outros componentes como por exemplo, contator, relé, multimedidor entre outros, mas que não são muito usados em residências.

Disjuntores
Os disjuntores são dispositivos que protegem contra curto circuito ou sobrecarga, sendo fundamental para evitar acidentes e até mesmo incêndios. Existem diferentes modelos de disjuntores como por exemplo, DIN e NEMA, podendo eles serem monopolar, bipolar ou tripolar.

DR (diferencial residual)
O DR é responsável por proteger contra fuga de corrente elétrica, sendo assim protege contra choques elétricos. Existem dois tipos de DR, que são os IDR (interruptor diferencial residual) e DDR (disjuntor diferencial residual). Os DR também possuir curvas B, C e D, e diversos modelos como por exemplo, bipolar, tripolar e tetrapolar.

DPS (dispositivos de proteção contra surtos)
O DPS é um dispositivo de proteção contra surtos elétricos, importante para proteger os equipamentos elétricos e eletrônicos. Os surtos elétricos acontecem por causa das descargas atmosféricas que atingem redes elétricas e anomalias na rede elétrica, como por exemplo acionamento de grandes motores.

Trilho tipo din e barramentos de neutro e aterramento
O Trilho tipo DIN é utilizado para fixar os dispositivos de proteção. Os barramentos de neutro e aterramento são forma mais segura e organizada para distribuição de condutor elétrico e interligarem todos os condutores em um único ponto, assim facilitando manutenções futuras e garantir que todos os condutores estejam bem fixados.

🤔 Será que COUBE? Tomada TRIPLA + conector WAGO na caixa 4X2

⚡️ AULA GRATUITA: Como Fazer Uma Instalação Elétrica Completa do Zero, Com Facilidade, Mesmo que Você Não Seja Um Eletricista Profissional: https://ift.tt/2B6Mgwh ⚡️
——

✋🏻 Para os NÃO INSCRITOS 🔴 “NÃO CLIQUE NO LINK” 🚫: https://ift.tt/2pb2BgS
——

👉 Conheça o Curso Gratuito de Eletricista da Engehall Elétrica:
https://ift.tt/2B2XaDh
——

👉 Conheça o Curso de Comandos Elétricos da Sala da Elétrica:
https://ift.tt/31jv3dN
——

✅ Gostou desse vídeo?
– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –
✍️ Deixe seu comentário
📢 Compartilhe com os amigos
🕵 Siga nossas redes ➽ https://ift.tt/2MyzEU5
– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –

👉 Curso NR10 com 20% de desconto:
https://ift.tt/2OEFKoH
——

Aprenda como instalar tomada simples, tomada dupla e interruptor e saiba quais são os materiais e ferramentas necessários para isso

Você pode estar se perguntando como instalar tomada e interruptor e imaginando que vai perder um tempo para fazer isso, não é mesmo? Pode deixar as preocupações de lado! Essa tarefa não é assim tão complicada, apenas exige bastante atenção, principalmente por questões de segurança.

É importante fazer as instalações com cuidado para que não aconteça qualquer acidente e também para que não seja necessário fazer o trabalho novamente, afinal, apesar de ser uma tarefa relativamente simples, é algo que não queremos fazer repetidamente.

Neste artigo, você saberá quais os materiais e ferramentas necessários para fazer essas instalações, quais os cuidados que devem ser tomados antes de realizar essa tarefa e ainda, o passo a passo de como instalar tomada elétrica simples, dupla e também interruptor. Confira!

Como instalar uma tomada: ferramentas e materiais necessários
como instalar tomada dupla, como instalar tomada simples

Lembre-se de que todas as ferramentas a serem utilizadas para realizar instalações elétricas devem ter cabos emborrachados para evitar acidentes. Você precisará de:

chaves de fenda para desparafusar e parafusar as instalações;
amperímetro para medir a presença ou não de eletricidade nos fios, bem como sua voltagem;
fios de força de 2.5mm² de área (essa informação vem escrita na embalagem e, muitas vezes, até no próprio fio), seguindo o padrão brasileiro. Observação: antes de comprar os fios, verifique os já existentes na sua instalação para adquirir fios iguais. No caso das tomadas, deverá haver um fio verde (terra), um fio azul e outro fio que pode ser vermelho ou preto. Se estiver trocando um interruptor, o mais provável é que seja um fio vermelho (fase) e outro preto ou branco (retorno);
alicate para descascar os fios;
novos conjuntos de caixa de tomada e/ou interruptor com suporte.

Observação: na embalagem está escrita a quantidade de amperes e também a voltagem máxima da tomada.
Como instalar tomada: cuidados antes de iniciar a instalação
como instalar tomada dupla, como instalar uma tomada,

Antes de mais nada, você deve desligar a chave geral e os disjuntores da residência. Isso é importante para evitar acidentes, garantindo a sua segurança. Se você não estiver certo de que tudo está desligado, utilize um amperímetro (instrumento que detecta a voltagem). Outra medida de segurança é a utilização de luvas e sapatos emborrachados para que não haja qualquer risco de choque.

Se o dia estiver chuvoso, é melhor não realizar essa tarefa. Opte por iniciar o trabalho quando o tempo estiver ensolarado, assim você evita descargas elétricas. Também é importante trabalhar longe da umidade e de equipamentos hidráulicos, bem como utilizar ferramentas que tenham cabos emborrachados, pelo mesmo motivo.

Se você estiver pensando em fazer a instalação em uma brecha de tempo do seu dia, não faça. Escolha um dia mais tranquilo, já que a pressa é inimiga da perfeição e da sua segurança. Procure trabalhar longe de crianças e animais de estimação para que eles não toquem em nenhum equipamento elétrico por engano.

😲 Será que esse ELETRICISTA correu RISCO ao LIGAR o PADRÃO?

⚡️ AULA GRATUITA: Como Fazer Uma Instalação Elétrica Completa do Zero, Com Facilidade, Mesmo que Você Não Seja Um Eletricista Profissional: https://ift.tt/2B6Mgwh ⚡️
——

✋🏻 Para os NÃO INSCRITOS 🔴 “NÃO CLIQUE NO LINK” 🚫: https://ift.tt/2pb2BgS
——

👉 Conheça o Curso Gratuito de Eletricista da Engehall Elétrica:
https://ift.tt/2B2XaDh
——

👉 Conheça o Curso de Comandos Elétricos da Sala da Elétrica:
https://ift.tt/31jv3dN
——

✅ Gostou desse vídeo?
– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –
✍️ Deixe seu comentário
📢 Compartilhe com os amigos
🕵 Siga nossas redes ➽ https://ift.tt/2MyzEU5
– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –

👉 Curso NR10 com 20% de desconto:
https://ift.tt/2OEFKoH
——

Siga as instruções para que seu padrão de energia seja aprovado na primeira vistoria, evitando despesas adicionais e atraso na ligação.

Cuidados a serem tomados para garantir a
aprovação do seu padrão de energia elétrica.

1 – O cano (poste/pontalete) usado para instalação do padrão deve ter um furo de 13 milímetros de diâmetro localizado a 1,5 metros da base.

2 – O cano (poste/pontalete) tem que estar em perfeito estado
de conservação, sem trincas, erosões, dobras, não podendo ter nenhuma emenda. Ele deve estar visível em toda sua extensão, devendo ao menos uma parte da sua área lateral estar
descoberta para inspeção visual.

3 – É necessário haver o condutor de proteção. Este condutor é verde ou verde e amarelo e deve ser levado até a caixa de passagem ou quadro de distribuição interno (padrões coletivos).

4 – As caixas de medição dos padrões coletivos devem ser identificadas, tanto na parte exterior como interior.

5 – O condutor utilizado para o aterramento deve ser de cobre, nu, rígido, e ficar exposto até a última haste de aterramento.

6 – Para realização de inspeções nas hastes de aterramento, é preciso caixas (250x250x500mm) com tampa de concreto ou aço.

7 – O disjuntor utilizado na caixa de medição deve ser dimensionado de acordo com a relação de carga utilizada.

8 – Os condutores dentro da caixa de medição devem
ter sobras no comprimento para que sejam efetuadas as
ligações dos medidores.

9 – Use sempre equipamentos de segurança
adequados para a atividade.

10 – Contrate sempre um eletricista padronista
especializado de sua confiança.

🤦‍♂️ Antes de INSTALAR um PADRÃO de ENERGIA veja os B.O.s na PRÁTICA

⚡️ AULA GRATUITA: Como Fazer Uma Instalação Elétrica Completa do Zero, Com Facilidade, Mesmo que Você Não Seja Um Eletricista Profissional: https://ift.tt/2B6Mgwh ⚡️
——

✋🏻 Para os NÃO INSCRITOS 🔴 “NÃO CLIQUE NO LINK” 🚫: https://ift.tt/2pb2BgS
——

👉 Conheça o Curso Gratuito de Eletricista da Engehall Elétrica:
https://ift.tt/2B2XaDh
——

👉 Conheça o Curso de Comandos Elétricos da Sala da Elétrica:
https://ift.tt/31jv3dN
——

✅ Gostou desse vídeo?
– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –
✍️ Deixe seu comentário
📢 Compartilhe com os amigos
🕵 Siga nossas redes ➽ https://ift.tt/2MyzEU5
– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –

👉 Curso NR10 com 20% de desconto:
https://ift.tt/2OEFKoH
——

Siga as instruções para que seu padrão de energia seja aprovado na primeira vistoria, evitando despesas adicionais e atraso na ligação.

Cuidados a serem tomados para garantir a
aprovação do seu padrão de energia elétrica.

1 – O cano (poste/pontalete) usado para instalação do padrão deve ter um furo de 13 milímetros de diâmetro localizado a 1,5 metros da base.

2 – O cano (poste/pontalete) tem que estar em perfeito estado
de conservação, sem trincas, erosões, dobras, não podendo ter nenhuma emenda. Ele deve estar visível em toda sua extensão, devendo ao menos uma parte da sua área lateral estar
descoberta para inspeção visual.

3 – É necessário haver o condutor de proteção. Este condutor é verde ou verde e amarelo e deve ser levado até a caixa de passagem ou quadro de distribuição interno (padrões coletivos).

4 – As caixas de medição dos padrões coletivos devem ser identificadas, tanto na parte exterior como interior.

5 – O condutor utilizado para o aterramento deve ser de cobre, nu, rígido, e ficar exposto até a última haste de aterramento.

6 – Para realização de inspeções nas hastes de aterramento, é preciso caixas (250x250x500mm) com tampa de concreto ou aço.

7 – O disjuntor utilizado na caixa de medição deve ser dimensionado de acordo com a relação de carga utilizada.

8 – Os condutores dentro da caixa de medição devem
ter sobras no comprimento para que sejam efetuadas as
ligações dos medidores.

9 – Use sempre equipamentos de segurança
adequados para a atividade.

10 – Contrate sempre um eletricista padronista
especializado de sua confiança.

Como MONTAR um PADRÃO de ENERGIA BIFÁSICO 220V para ser APROVADO

Link da Lista de Material: https://ift.tt/2Np9vIz

⚡️ AULA GRATUITA: Como Fazer Uma Instalação Elétrica Completa do Zero, Com Facilidade, Mesmo que Você Não Seja Um Eletricista Profissional: https://ift.tt/2B6Mgwh ⚡️
——

✋🏻 Para os NÃO INSCRITOS 🔴 “NÃO CLIQUE NO LINK” 🚫: https://ift.tt/2pb2BgS
——

👉 Conheça o Curso Gratuito de Eletricista da Engehall Elétrica:
https://ift.tt/2B2XaDh
——

👉 Conheça o Curso de Comandos Elétricos da Sala da Elétrica:
https://ift.tt/31jv3dN
——

✅ Gostou desse vídeo?
– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –
✍️ Deixe seu comentário
📢 Compartilhe com os amigos
🕵 Siga nossas redes ➽ https://ift.tt/2MyzEU5
– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –

👉 Curso NR10 com 20% de desconto:
https://ift.tt/2OEFKoH
——

Siga as instruções para que seu padrão de energia seja aprovado na primeira vistoria, evitando despesas adicionais e atraso na ligação.

Cuidados a serem tomados para garantir a
aprovação do seu padrão de energia elétrica.

1 – O cano (poste/pontalete) usado para instalação do padrão deve ter um furo de 13 milímetros de diâmetro localizado a 1,5 metros da base.

2 – O cano (poste/pontalete) tem que estar em perfeito estado
de conservação, sem trincas, erosões, dobras, não podendo ter nenhuma emenda. Ele deve estar visível em toda sua extensão, devendo ao menos uma parte da sua área lateral estar
descoberta para inspeção visual.

3 – É necessário haver o condutor de proteção. Este condutor é verde ou verde e amarelo e deve ser levado até a caixa de passagem ou quadro de distribuição interno (padrões coletivos).

4 – As caixas de medição dos padrões coletivos devem ser identificadas, tanto na parte exterior como interior.

5 – O condutor utilizado para o aterramento deve ser de cobre, nu, rígido, e ficar exposto até a última haste de aterramento.

6 – Para realização de inspeções nas hastes de aterramento, é preciso caixas (250x250x500mm) com tampa de concreto ou aço.

7 – O disjuntor utilizado na caixa de medição deve ser dimensionado de acordo com a relação de carga utilizada.

8 – Os condutores dentro da caixa de medição devem
ter sobras no comprimento para que sejam efetuadas as
ligações dos medidores.

9 – Use sempre equipamentos de segurança
adequados para a atividade.

10 – Contrate sempre um eletricista padronista
especializado de sua confiança.

Mão na massa

⚡️ AULA GRATUITA: Como Fazer Uma Instalação Elétrica Completa do Zero, Com Facilidade, Mesmo que Você Não Seja Um Eletricista Profissional: https://ift.tt/2B6Mgwh ⚡️
——

✋🏻 Para os NÃO INSCRITOS 🔴 “NÃO CLIQUE NO LINK” 🚫: https://ift.tt/2pb2BgS
——

👉 Conheça o Curso Gratuito de Eletricista da Engehall Elétrica:
https://ift.tt/2B2XaDh
——

👉 Conheça o Curso de Comandos Elétricos da Sala da Elétrica:
https://ift.tt/31jv3dN
——

✅ Gostou desse vídeo?
– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –
✍️ Deixe seu comentário
📢 Compartilhe com os amigos
🕵 Siga nossas redes ➽ https://ift.tt/2MyzEU5
– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –

👉 Curso NR10 com 20% de desconto:
https://ift.tt/2OEFKoH
——

💡 É assim que se PEDE a LIGAÇÃO do PADRÃO de LUZ na CONCESSIONÁRIA

⚡️ AULA GRATUITA: Como Fazer Uma Instalação Elétrica Completa do Zero, Com Facilidade, Mesmo que Você Não Seja Um Eletricista Profissional: https://ift.tt/2B6Mgwh ⚡️
——

✋🏻 Para os NÃO INSCRITOS 🔴 “NÃO CLIQUE NO LINK” 🚫: https://ift.tt/2pb2BgS
——

👉 Conheça o Curso Gratuito de Eletricista da Engehall Elétrica:
https://ift.tt/2B2XaDh
——

👉 Conheça o Curso de Comandos Elétricos da Sala da Elétrica:
https://ift.tt/31jv3dN
——

✅ Gostou desse vídeo?
– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –
✍️ Deixe seu comentário
📢 Compartilhe com os amigos
🕵 Siga nossas redes ➽ https://ift.tt/2MyzEU5
– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –

👉 Curso NR10 com 20% de desconto:
https://ift.tt/2OEFKoH
——

Siga as instruções para que seu padrão de energia seja aprovado na primeira vistoria, evitando despesas adicionais e atraso na ligação.

Cuidados a serem tomados para garantir a
aprovação do seu padrão de energia elétrica.

1 – O cano (poste/pontalete) usado para instalação do padrão deve ter um furo de 13 milímetros de diâmetro localizado a 1,5 metros da base.

2 – O cano (poste/pontalete) tem que estar em perfeito estado
de conservação, sem trincas, erosões, dobras, não podendo ter nenhuma emenda. Ele deve estar visível em toda sua extensão, devendo ao menos uma parte da sua área lateral estar
descoberta para inspeção visual.

3 – É necessário haver o condutor de proteção. Este condutor é verde ou verde e amarelo e deve ser levado até a caixa de passagem ou quadro de distribuição interno (padrões coletivos).

4 – As caixas de medição dos padrões coletivos devem ser identificadas, tanto na parte exterior como interior.

5 – O condutor utilizado para o aterramento deve ser de cobre, nu, rígido, e ficar exposto até a última haste de aterramento.

6 – Para realização de inspeções nas hastes de aterramento, é preciso caixas (250x250x500mm) com tampa de concreto ou aço.

7 – O disjuntor utilizado na caixa de medição deve ser dimensionado de acordo com a relação de carga utilizada.

8 – Os condutores dentro da caixa de medição devem
ter sobras no comprimento para que sejam efetuadas as
ligações dos medidores.

9 – Use sempre equipamentos de segurança
adequados para a atividade.

10 – Contrate sempre um eletricista padronista
especializado de sua confiança.

Deu TRABALHO esse “PADRÃO de LUZ” para Entrada de Energia da ENGEHALL

⚡️ AULA GRATUITA: Como Fazer Uma Instalação Elétrica Completa do Zero, Com Facilidade, Mesmo que Você Não Seja Um Eletricista Profissional: https://ift.tt/2B6Mgwh ⚡️
——

✋🏻 Para os NÃO INSCRITOS 🔴 “NÃO CLIQUE NO LINK” 🚫: https://ift.tt/2pb2BgS
——

👉 Conheça o Curso Gratuito de Eletricista da Engehall Elétrica:
https://ift.tt/2B2XaDh
——

👉 Conheça o Curso de Comandos Elétricos da Sala da Elétrica:
https://ift.tt/31jv3dN
——

✅ Gostou desse vídeo?
– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –
✍️ Deixe seu comentário
📢 Compartilhe com os amigos
🕵 Siga nossas redes ➽ https://ift.tt/2MyzEU5
– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –

👉 Curso NR10 com 20% de desconto:
https://ift.tt/2OEFKoH
——

Siga as instruções para que seu padrão de energia seja aprovado na primeira vistoria, evitando despesas adicionais e atraso na ligação.

Cuidados a serem tomados para garantir a
aprovação do seu padrão de energia elétrica.

1 – O cano (poste/pontalete) usado para instalação do padrão deve ter um furo de 13 milímetros de diâmetro localizado a 1,5 metros da base.

2 – O cano (poste/pontalete) tem que estar em perfeito estado
de conservação, sem trincas, erosões, dobras, não podendo ter nenhuma emenda. Ele deve estar visível em toda sua extensão, devendo ao menos uma parte da sua área lateral estar
descoberta para inspeção visual.

3 – É necessário haver o condutor de proteção. Este condutor é verde ou verde e amarelo e deve ser levado até a caixa de passagem ou quadro de distribuição interno (padrões coletivos).

4 – As caixas de medição dos padrões coletivos devem ser identificadas, tanto na parte exterior como interior.

5 – O condutor utilizado para o aterramento deve ser de cobre, nu, rígido, e ficar exposto até a última haste de aterramento.

6 – Para realização de inspeções nas hastes de aterramento, é preciso caixas (250x250x500mm) com tampa de concreto ou aço.

7 – O disjuntor utilizado na caixa de medição deve ser dimensionado de acordo com a relação de carga utilizada.

8 – Os condutores dentro da caixa de medição devem
ter sobras no comprimento para que sejam efetuadas as
ligações dos medidores.

9 – Use sempre equipamentos de segurança
adequados para a atividade.

10 – Contrate sempre um eletricista padronista
especializado de sua confiança.

➡️ Essa PEQUENA PEÇA é capaz de EVITAR até um “APAGÃO” ⚡️

⚡️ AULA GRATUITA: Como Fazer Uma Instalação Elétrica Completa do Zero, Com Facilidade, Mesmo que Você Não Seja Um Eletricista Profissional: https://ift.tt/2B6Mgwh ⚡️
——

✋🏻 Para os NÃO INSCRITOS 🔴 “NÃO CLIQUE NO LINK” 🚫: https://ift.tt/2pb2BgS
——

👉 Conheça o Curso Gratuito de Eletricista da Engehall Elétrica:
https://ift.tt/2B2XaDh
——

👉 Conheça o Curso de Comandos Elétricos da Sala da Elétrica:
https://ift.tt/31jv3dN
——

✅ Gostou desse vídeo?
– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –
✍️ Deixe seu comentário
📢 Compartilhe com os amigos
🕵 Siga nossas redes ➽ https://ift.tt/2MyzEU5
– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –

👉 Curso NR10 com 20% de desconto:
https://ift.tt/2OEFKoH
——

Quais as classes do DPS?
De acordo com a NBR IEC 61643-1, o DPS pode ser classificado em três classes, classe I, II e III. A classe I é destinada a proteção contra surtos elétricos conduzidos, provenientes de descargas atmosféricas diretas, geralmente recomendados para locais com alta exposição e/ou que sejam dotados de SPDA – Sistema de Proteção contra Descargas Atmosféricas. O DPS classe II é destinado a proteção contra surtos elétricos ocasionados por descargas atmosféricas indiretas, ou seja, caem próximo à edificação ou as linhas de transmissão de energia ou dados. O DPS classe III é um dispositivo de proteção que deve ser utilizado próximo ao equipamento protegido. Normalmente utilizado como complemento de proteção ou em locais com baixa exposição.

Quais são as principais diferenças entre as classes dos DPS?

Abaixo as principais diferenças entre os DPS Classe 1, 2 e 3.

Classe I: os DPS Classe I permitem eliminar os efeitos diretos causados pelas descargas atmosféricas.
O DPS Classe I é instalado obrigatoriamente quando a edificação está protegida por um Sistema de Proteção contra Descargas Atmosféricas (SPDA), conhecido como para-raio. Os ensaios do DPS Classe I são realizados com uma corrente de choque impulsional (limp) de forma de onda 10/350 μs. Ele deve ser instalado com um dispositivo de desconexão a montante (tipo disjuntor), cuja capacidade de interrupção deve ser no mínimo igual à corrente máxima de curto-circuito presumida no ponto da instalação.

Classe II: os DPS Classe II são destinados a proteger os equipamentos elétricos contra sobretensões induzidas ou conduzidas (efeitos indiretos) causados pelas descargas atmosféricas. Os ensaios do DPS Classe II são efetuados com corrente máxima de descarga (Imáx) de forma de onda 8/20 μs. Ele pode ser instalado sozinho ou em cascata com um DPS Classe I ou com outro DPS Classe II; também deve ser instalado com um dispositivo de desconexão a montante (tipo disjuntor), cuja capacidade de interrupção deve ser no mínimo igual à corrente máxima de curto-circuito presumida no local da instalação

Classe III: os DPS Classe III são destinados à proteção fina de equipamentos situados a mais de 30 m do DPS de cabeceira. O DPS Classe III é testado com uma forma de onda de corrente combinada 12/50 μs e 8/20 μs.

🎊🎆 Comece 2020 💰 ganhando no mínimo R$2.200,00 instalando isso!

https://ift.tt/2Qvm0mE

⚡️ AULA GRATUITA: Como Fazer Uma Instalação Elétrica Completa do Zero, Com Facilidade, Mesmo que Você Não Seja Um Eletricista Profissional: https://ift.tt/2B6Mgwh ⚡️
——

✋🏻 Para os NÃO INSCRITOS 🔴 “NÃO CLIQUE NO LINK” 🚫: https://ift.tt/2pb2BgS
——

👉 Conheça o Curso Gratuito de Eletricista da Engehall Elétrica:
https://ift.tt/2B2XaDh
——

👉 Conheça o Curso de Comandos Elétricos da Sala da Elétrica:
https://ift.tt/31jv3dN
——

✅ Gostou desse vídeo?
– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –
✍️ Deixe seu comentário
📢 Compartilhe com os amigos
🕵 Siga nossas redes ➽ https://ift.tt/2MyzEU5
– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –

👉 Curso NR10 com 20% de desconto:
https://ift.tt/2OEFKoH
——

Você sabe o que fazer quando o alarme de incêndio dispara no seu prédio?

Incêndios podem acontecer em qualquer lugar e o tempo de resposta é essencial para salvar vidas. Agora, você sabe o que fazer quando o alarme de incêndio dispara?

Um foco de incêndio pode começar por inúmeras causas. No entanto, acidentes e muitos danos podem ser evitados quando meios que facilitam a percepção destes eventos são utilizados da forma correta.

Juntamente com um sistema, saber o que fazer quando um alarme de incêndio dispara é um dos princípios para essa segurança.

Portanto, fique atento as dicas que separamos para saber como agir para facilitar um atendimento ágil e com grandes chances de controlar uma eventual ocorrência de incêndio.

COMO FUNCIONA UM SISTEMA DE DETECÇÃO E ALARME DE INCÊNDIO?

Um alarme de incêndio é o ponto final de um sistema que servirá de comunicação visual e sonora para que a população de um determinado ambiente inicie o escape e o controle de um princípio de incêndio.

Esse sistema, no conjunto, tem a função de avisar a central de controle ou a brigada de incêndio, combater os princípios de um incêndio e comunicar o corpo de bombeiros, mesmo antes da percepção das pessoas. Ou seja, eles devem ser a nossos olhos, ouvidos e a nossa comunicação, antecipando-nos de uma possível ocorrência.

O funcionamento de cada sistema é bem variado mas, basicamente, ele é composto por três partes principais: os detectores ou acionadores manuais, a central de controles e alarmes e os alertadores sonoros e visuais.

Neste caso, os detectores serão sensibilizados por produtos resultantes de uma combustão. A partir daí a central de controle será avisada e, logo depois, através de alarmes sonoros ou visuais os ocupantes do local também serão sinalizados.

O QUE FAZER QUANDO O ALARME DE INCÊNDIO DISPARA?
Para saber o que fazer quando o alarme de incêndio dispara, primeiro, você precisa tentar manter a calma. Na prática pode ser bem mais complicado. Por isso, estar informado antes que, de fato, ora isso aconteça vai permitir que você aja com a razão, mantendo-se no controle.

1 – Aja rapidamente, mesmo que você acredite que se trate de um falso alarme. Procure identificar a saída mais próxima, dirigindo-se a ela. Se estiver em casa, e for possível, desligue os aparelhos elétricos da tomada.
2 – Ao sair, certifique que você está realmente em direção à saída. Para isso verifique a sinalização do local.
3 – Jamais entre no elevador. Utilize as escadas.
4 – Saia do prédio e junte-se aos demais em uma área designada. Caso não haja um local determinado, atravesse a rua para aumentar a distância entre você e a edificação.
5 – Ligue para o corpo de bombeiros (193). Passe o endereço do local e informe as autoridades do ocorrido.
6 – Só retorne a edificação depois que os bombeiros façam a inspeção completa no prédio, liberando o retorno das atividades.
SEGURANÇA É COISA SÉRIA
Como se pode perceber, existem muitas medidas preventivas que mostram o que fazer quando um alarme de incêndio dispara e sinaliza uma possível ocorrência.

Mas, você há de concordar com a gente, quando uma edificação está em dia com as suas responsabilidades legais, o risco de um incêndio acontecer é bem menos provável.

Ainda assim, mesmo que as medidas preventivas estejam em dia e recebam a manutenção adequada, é nosso dever como cidadãos ficarmos atentos.

Exija dos responsáveis pelo local que medidas de segurança sejam adotadas. E caso perceba alguma irregularidade, denuncie para o Corpo de Bombeiros.

Lembre-se que a sua percepção de risco e as suas atitudes podem fazer uma grande diferença para a sua segurança e possivelmente da sua família, seus amigos, colegas de trabalho ou vizinhos.