A importância da ergonomia

A posição em que as tarefas do dia-a-dia são realizadas influenciam diretamente na qualidade de vida. O ambiente de trabalho é o local onde se passa boa parte do dia e onde são realizadas diversas atividades que exercem um esforço do corpo ou uma movimentação repetitiva dos membros. Por isso, é importante o cuidado com a forma e a maneira que essas tarefas são realizadas, esse é o ponto no qual a ergonomia atua.

A Associação Brasileira de Ergonomia, define ergonomia como o conjunto de disciplinas relacionadas ao entendimento das interações entre os seres humanos e outros elementos ou sistemas e à aplicação de teorias, princípios, dados e métodos projetados a fim de otimizar o bem estar humano e o desempenho global da sistema.

Ela é uma ciência de ação multidisciplinar que aborda várias áreas de estudo, como a anatomia, a antropometria, a biomecânica, a fisiologia, a psicologia, a engenharia, dentre diversas outras. Nesse estudo as capacidades e as habilidades humanas são avaliadas, junto às suas limitações e as do sistema de trabalho como um todo, com o objetivo de desenvolver e aplicar técnicas que propiciem uma adaptação entre o homem e o trabalho, possibilitando que ele possa ser exercido de forma eficiente e segura para o corpo.

Os conceitos da ergonomia podem ser aplicados a qualquer setor de trabalho, uma vez que em todos é possível realizar intervenções para melhorar a qualidade e o resultado da atividade exercida e a saúde dos trabalhadores. Esses conceitos se relacionam a prevenção dos acidentes laborais, a criação de ambientes, locais e apoios adequados à atividade exercida, cria métodos laborais, sistemas de retribuição do trabalhador e determina o tempo adequado de trabalho.

Alguns exemplos de área de atuação da ergonomia:

– No desenho de equipamentos e na organização do trabalho de modo a melhorar a postura e aliviar a carga de trabalho, reduzindo, com isso, dores, LER e DORT, estresse etc.
– No ambiente de trabalho a partir de uma construção e concepção que se atente para a iluminação, a temperatura ambiente, os ruídos, umidade do ar, dentre outras características, que satisfação aos que atuam naquele local.
– Na definição das tarefas, levando em conta as necessidades humanas e outros fatores.
– Na arquitetura e desenho dos equipamentos e dos sistemas, facilitando o uso e a interação.

*Fonte: http://goo.gl/tx4d6S

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta