6 Tipos de EPI que oferecem ótima Proteção Auditiva

Sempre que o nível de pressão sonora atingir ou ultrapassar a barreira de 85 dBA, é necessário que o trabalhador utilize a proteção auditiva durante todo o período de exposição ao ruído. Sendo assim, cada vez mais os fabricantes têm se preocupado em produzir um equipamento de proteção que seja eficiente e confortável. O conforto depende do biótipo do canal auditivo, do crânio e da orelha. Além disso, é importante observar quanto ao nível de exposição do trabalhador, as necessidades de comunicação que este requer e também às condições ambientais.

Existem no mercado diferentes tipos de protetores auditivos, desde os tipo concha que são acopláveis ao capacete a protetores descartáveis. Inclusive, alguns destes equipamentos de proteção individual possuem opções voltadas para ambientes climatizados ou com baixas temperaturas. Os equipamentos de proteção auditiva basicamente são divididos em: concha (extra-auriculares, circum auriculares, abafadores ou supra-aurais), inserção (pluges ou intra-auriculares) e especiais.

1 - Protetor Auditivo Tipo Concha

Este protetor auditivo é formado por duas conchas atenuadoras de ruído e por um arco tensor, cobrindo o pavilhão auricular. As bordas tem revestimento de material macio, proporcionando maior conforto. A atenuação está relacionada, em parte, à pressão exercida do protetor na cabeça.

Sua utilização é recomendada em áreas não limpas e para trabalhadores que exercem atividades próximas a zonas ruidosas e silenciosas, para que a remoção seja feita com maior facilidade.

2 - Protetor Auditivo Especial

Este protetor é do tipo não linear e possui sistema acústico ou eletrônico. Pode possibilitar a baixa atenuação em frequências inferiores a 2kHz aproximadamente, além de permitir que as frequências da voz humana passem.

Este EPI é ideal para situações que exigem melhores condições de comunicação e em casos de altos níveis de ruído de trânsito. São eficazes em ambientes com ruído de altas frequências.

3 - Protetor com Controle Auditivo

Este equipamento é usado para atenuar ruídos acústicos, possibilitando altas atenuações nas baixas frequências. Detém de tecnologia de controle auditivo com sistemas microprocessados. Favorecendo a comunicação em ambientes ruidosos, porém este aparelho tem alto custo.

É ideal para o setor aeronáutico.

4 - Protetor Auditivo Tipo Moldável

Mais conhecido como plugue, estes protetores são da categoria dos descartáveis. Molda-se ao canal auditivo quando inserido nele. Pode ser feito com materiais como algodão parafinado, espuma polimerizada, espuma plástica, PVC e tipos especiais de fibra de vidro.

Confortável, expansivo e de fácil armazenagem, o protetor auditivo tipo moldável pode ser usado em qualquer ambiente. Sua vantagem é a maciez e a fácil adaptação a qualquer tamanho e forma de ouvido.

5 - Protetor Auditivo Tipo Pré-moldado

Este protetor também se molda ao canal auditivo e é chamado de plugue, porém pode apresentar desconforto. Para que seja eficiente deve ser colocado de maneira firme. Produzido em borracha, elastômeros sintéticos e silicone, podem ser reutilizáveis ou descartáveis.

Usados em todo tipo de ambiente, a higienização precisa ser diária, utilizando inclusive água e sabão. Com lavagens periódicas é preciso ter atenção quanto a perda de elasticidade.

6 - Protetor Auditivo Moldável Personalizado

Também do tipo plugue, quando bem colocado pode ser comparado ao tipo concha, devido a sua alta atenuação de ruídos. É feito com borracha de silicone, por ser mais duro, pode oferecer certo desconforto.

É utilizado por trabalhadores que tem dificuldades de se adaptarem aos outros tipos de protetores auditivos do tipo inserção. Como este equipamento é confeccionado através de molde do canal auditivo, possuem alto custo.

Durabilidade e conservação

Cada tipo de protetor auditivo precisa de diferentes níveis de manutenção, higienização e limpeza. A higienização evita a proliferação de bactérias, fungos e problemas como infecções e alergias. Alguns cuidados servem para todos os tipos, como evitar o manuseio com mãos sujas ou utilizar o equipamento durante todo o período de trabalho e não retirá-lo. Além disso o protetor precisa ser guardado na embalagem para que seja conservado em bom estado.

Não é recomendado lavar os protetores de espuma moldáveis. Nos casos dos protetores de inserção reutilizáveis, é recomendável a lavagem com água e sabão neutro. Já os tipo concha devem ser limpos com pano úmido e sabão neutro.

A durabilidade do equipamento de proteção auditiva vai depender do tipo e forma de uso, e dos cuidados quanto à higienização e armazenagem.

Veja também sobre os Veja aqui 3 tipos de proteção da cabeça que podem salvar sua vida.

Fonte: Super Guia de Proteção.

Escrito por: Marlon Pascoal Pinto

Instrutor de Normas Regulamentadoras
Engenheiro Eletricista/Segurança do Trabalho
Crea: 172.438/D MG

Aprenda os 3 Pilares para se tornar Eletricista, agora mesmo
e de forma 100% grátis.
CURSO-GRATIS

SIM! Eu quero realizar o Curso
de Eletricista Gratuito

certificado iso 9001
Logo Crea
chevron-down