🥶 Banho FRIO NUNCA mais, quero VER o DISJUNTOR “CAIR” agora!

⚡️ AULA GRATUITA: Como Fazer Uma Instalação Elétrica Completa do Zero, Com Facilidade, Mesmo que Você Não Seja Um Eletricista Profissional:
➽ https://ift.tt/3va3NOc
------

✅ Gostou desse vídeo?
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
✍️ Deixe seu comentário
📢 Compartilhe com os amigos
🕵 Siga nossas redes ➽ https://ift.tt/2MyzEU5
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

👉 Curso NR10 com 20% de desconto
➽ https://ift.tt/3vhkwzl
------
Fala meus queridos! tudo massa?

Aposto que muitos de vocês já ficaram “pê da vida” em ter que sair daquele banho quentinho gostoso para religar o disjuntor que atuou né?

E tenho quase certeza que alguns de vocês, como todo e bom brasileiro que adora uma "gambiarra"... Já pensaram em travar o disjuntor para que isso não voltasse a acontecer, estou certo?

Então, hoje vamos colocar à prova esta IDEIA MALUCA… Travar o disjuntor será que evita ou não que ele atue por uma sobrecarga ou curto circuito? Já deixe sua opinião aí nos comentários antes do teste, e uma dica importante:

Se você atualmente tá que nem esse disjuntor aí, e anda “travado” na hora de executar algum serviço elétrico, aguenta até o fim do vídeo que vou te convidar para uma aula gratuita minha na qual falo mais sobre esse assunto! Relaxa que você não é o primeiro, nem vai ser o último a travar na frente de um serviço não.

Então turma, para tirarmos essa dúvida, vamos testar este “travamento” em duas situações… primeiro simulando uma sobrecarga e depois curto circuito, afinal um disjuntor atua para proteger contra essas duas ocorrências elétricas.

Para sermos mais realistas, faremos nosso teste utilizando 2 modelos diferentes de disjuntores, um disjuntor DIN de 25 amperes, esse branquinho aqui, popularmente chamado de “mais moderno”, e um disjuntor NEMA também de 25 amperes, conhecido como “mais antigo”.

Para o teste em sobrecarga utilizaremos a famosa MDC, nossa máquina destruidora de componentes aqui da Engehall. já para o teste em curto circuito, simularemos um curto circuito digamos assim, controlado mas não repitam isso em casa!

Iniciaremos nosso teste aplicando uma sobrecorrente ao disjuntor DIN
Primeiro, vamos ao teste de sobrecarga sem travar a alavanca.
Agora vamos testar o curto sem travar a alavanca

Agora vamos travar a alavanca e repetir os testes:
Primeiro, vamos ao teste de sobrecarga com alavanca travada
Agora vamos testar o curto com alavanca travada

Perfeito, vimos então que mesmo com a alavanca travada o disjuntor DIN cumpre o papel e atua da mesma forma protegendo o circuito e consequentemente a carga.
Agora vem a pergunta, será que o disjuntor NEMA, terá o mesmo papel.

Repetimos nosso teste aplicando uma sobrecorrente ao disjuntor NEMA
Primeiro, vamos ao teste de sobrecarga sem travar a alavanca.
Agora vamos testar o curto sem travar a alavanca

Agora vamos travar a alavanca e repetir os testes no NEMA:
Primeiro, vamos ao teste de sobrecarga com alavanca travada
Agora vamos testar o curto com alavanca travada

Então turma, vimos que seja em sobrecarga ou em curto circuito, mesmo se você “travar” a alavanca do disjuntor, o disjuntor irá desarmar. Mas porque isso acontece? O conjunto alavanca-contato móvel foi projetado para trabalhar de maneira independente, justamente para evitar que o usuário final tente “burlar” os sistemas de segurança do disjuntor, funcionando de maneira.

Aproveite que assistiu nosso vídeo até aqui, deixe nos comentários sugestões de temas de vídeos que você gostaria de ver.

e sobre os cursos que a Engehall oferece, Clica nesse quadradinho e venha visitar o site oficial da ENGEHALL, Lá você ficará sabendo sobre carga horária, conteúdo programático e certificações de todos os cursos que temos atualmente lá.

Aqui ao lado deixo duas sugestões de vídeos para vocês assistirem… SINTAM-SE à vontade em maratonar nosso canal, é de graça. Aproveite e conheça todas as nossas séries 100% autorais..

Um forte abraço e até a próxima IDEIA MALUCA!!

Compartilhe esse conteúdo nas suas redes sociais:

ESCRITÓRIO BH

Av. Portugal, 4340
Itapoã - Belo Horizonte / MG
Telefone: (31) 3499-6030

ESCRITÓRIO SÃO PAULO

Rua Tenente Coronel Soares Neiva, 72
Vila Aricanduva - São Paulo / SP
Telefone: (11) 3090-2670

ESCRITÓRIO RIO DE JANEIRO

Telefone: (21) 3090-0798

OUTRAS CIDADES

apartmentmagnifiercross linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram