😩 O Cliente NÃO quis colocar DR na obra e OLHA o que deu 😱

AULA GRATUITA: Como Fazer Uma Instalação Elétrica Completa do Zero, Com Facilidade, Mesmo que Você Não Seja Um Eletricista Profissional: https://ift.tt/2NfYSdH

👉 Conheça o Curso Gratuito de Eletricista da Engehall Elétrica:
⚡ https://goo.gl/X7uPUz

——
👉 Conheça o Curso de Comandos Elétricos da Sala da Elétrica:
⚡https://goo.gl/Jns9f2

Inscreva-se em nosso canal: https://goo.gl/txZzEE

👉 Olha, estamos aqui:

⚡ Facebook: https://goo.gl/XhJBpx
⚡ Twitter: https://goo.gl/0Xyr7F
⚡ Youtube: https://goo.gl/txZzEE
⚡ Pinterest: https://goo.gl/Z6tqXU
⚡ Linkedin: https://goo.gl/9Qztp2
⚡ Blog do Eletricista: https://goo.gl/DBDRRe
⚡ Instagram: https://goo.gl/xufvgn

——
👉 Curso NR10 com 20% de desconto:

⚡ https://goo.gl/F5khB9

——

TOP VÍDEOS

👉 Câmeras de Segurança, INSTALAÇÃO SUPER FÁCIL 🔧
https://youtu.be/95gmuP_qQd0

👉 O SEGREDO de uma EMENDA PERFEITA – Super Fácil 🔧
https://youtu.be/MEuWq-SL4CM

O QUE ACONTECE SE VOCÊ PLUGAR UM PEN DRIVE NA TOMADA?
https://youtu.be/WOMAfZ43B9k

Engehall Elétrica

——

Dispositivo DR
DR entende-se como Diferencial Residual, o qual tem como finalidade proteger pessoas e os animais contra os efeitos do choque elétrico seja por contato direto como indireto. O dispositivo ao detectar uma fuga de corrente na instalação, ele desliga o circuito imediatamente.

Formas de contato

Contato direto: falha de isolação ou remoção das partes isolantes, com toque acidental da pessoa em parte energizada (fase/ terra-PE).

Contato indireto: através do contato da pessoa com a parte metálica (carcaça do aparelho), que estará energizada por falha de isolação, com interrupção ou inexistência do condutor de proteção (terra- PE).

dispositivo dr

Características de Dispositivo DR
O dispositivo DR, módulo DR ou Disjuntores DR de corrente nominal residual até 30 mA, são destinados fundamentalmente á proteção de pessoas, enquanto correntes nominais residuais de 100 mA, 300 mA, 500 mA, 1000 mA ou ainda superiores a estas, são destinadas apenas a proteção patrimonial contra efeitos causados pelas correntes de fuga á terra, tais como consumo excessivo de energia elétrica ou incêndios.

Conceito de funcionamento

A soma vetorial das correntes que passam pelos condutores ativos no núcleo toroidal é praticamente igual a zero (Lei de Kirchhoff). Existem correntes de fuga naturais não relevantes.

Quando houver falha (corrente de fuga) a somatória será diferente de zero, o que irá induzir no secundário uma corrente residual que provocará, por eletro magnetismo, o disparo do dispositivo DR (desligamento do circuito), desde que a fuga atinja a zona de disparo do dispositivo DR (conforme norma ABNT NBR NM 61008 o dispositivo deve operar entre 50% e 100% da corrente nominal residual).

Dispositivo DR entende-se também como um dos vários dispositivos a corrente de fuga, a qual tem finalidade desligar a rede de fornecimento de energia elétrica, o equipamento ou instalação que ele protege, na ocorrência de uma corrente de fuga que exceda determinado valor, sua atuação é rápida, menor que 0,2 segundos.

Veja alguns cursos disponibilizados no formato online (EAD) relacionados ao tema:

NR-10 Básico
NR-10 Complementar (SEP)
NR-10 Reciclagem Básica
NR-35 Trabalho em Altura (Teórico)
CIPA
NR-20 Básico
Solução simples e de baixo custo

Este dispositivo é facilmente instalado diretamente no quadro de distribuição de energia elétrica. Os seus benefícios são tão importantes que a Norma de Instalações Elétricas – NBR 5410 torna a sua instalação obrigatória nos alimentadores de áreas perigosas tais como: cozinhas, banheiros, áreas externa de residências, prédios públicos, supermercados, shoppings, hotéis e outras instalações públicas e privadas.

Riscos prevenidos pelos dispositivos DR
Ocorrência de curto circuitos e perdas de energia aumentando o consumo;
Ocorrência de sobreaquecimentos com consequentes avarias de equipamentos elétricos e mesmos focos de incêndio;
Choque elétrico com paralisia total ou parcial dos movimentos durante a ocorrência, podendo essa paralisia desencadear uma cadeia de acontecimentos de maior gravidade: quedas, erros na condução de máquinas, etc…
Choque elétrico originando queimaduras que podem ser graves ou até mesmo fatais;
Choque elétrico originando fibrilação cardíaca
Choque elétrico originando parada respiratória com paralisia dos músculos torácicos responsáveis pela respiração, potencialmente fatal na ausência de socorro imediato e urgente;
Choque elétrico originando parada cardíaca.