🔎 O que ACONTECE se LIGAR uma FASE no "BORNE N" (neutro) do DR BIPOLAR?

 

Bem vindos a mais um v√≠deo da s√©rie GUERRA AO Z√Č FA√ćSCA. Chegamos ao 3¬ļ epis√≥dio no qual vamos falar novamente do equipamento que √© o terror de todo z√© fa√≠sca: o famoso DR o dispositivo diferencial residual.
A pergunta √©: O que acontece se ligar uma das fases no "borne n" (neutro) de um DR BIPOLAR? E¬† em um DR tetrapolar, tamb√©m s√≥ pode ligar neutro no ‚Äúborne N‚ÄĚ, nunca pode ligar fase?

 

 

O que pode acontecer se ligarmos uma fase no borne neutro do DR, seja ele bipolar ou tetrapolar?

Turma, a d√ļvida de hoje na verdade costuma ser de muitos eletricistas:

Temos aqui um IDR (interruptor diferencial residual) BIPOLAR.
Notem que ele tem dois bornes, porém em um deles vem a letra N indicando que ali deve ser conectado neutro, certo?
Ent√£o do jeito que est√° instalado aqui, temos uma fase 127V e o neutro. Podemos at√© conferir isso com o nosso mult√≠metro. Ao acionar o DR nossa l√Ęmpada acende normalmente e o DR n√£o atua logicamente.

Vamos trocar o neutro da instalação por um condutor fase, transformando nossa rede agora em 220V. Agora temos duas fases alimentando esse DR, ou seja, não tem neutro no DR e vocês podem confirmar a tensão pelo multímetro mesmo.
Se a gente liga o DR a l√Ęmpada vai acender simulando nossa carga e o DR continua funcionando normalmente mesmo a gente conectando uma fase no borne que indica neutro.
Essa informação está descrita no próprio manual do IDR bipolar. Lá diz pra gente que ele pode ser ligado tanto para fase e neutro, quanto também para fase e fase.

E se a gente for no manual de um IDR tetrapolar a gente consegue ver tamb√©m todas as op√ß√Ķes de liga√ß√£o que ele aceita.
Neste aqui por exemplo, vem falando que ele pode ser ligado em redes monofásicas com fase e neutro, mas também pode ser ligado em redes bifásicas fase e fase com ou sem neutro e a mesma coisa para redes trifásicas com ou sem neutro também, afinal ele tem 4 polos.

L√≥gico que cada marca e modelo de DR vai ter seu manual, e √© importante voc√™ saber que tem uns que n√£o aceitam alimenta√ß√£o por baixo, s√≥ por cima, outros que n√£o aceitam tantas liga√ß√Ķes assim e por a√≠ vai.

 Um exemplo de ligação errada atuando com um DR

Vamos aproveitar nosso experimento para ligar uma carga monofásica, utilizando o neutro, só que o neutro passando por fora do DR. Reparem que o DR desarma. O motivo?
Ele simplesmente sabe que a corrente que passou por ele para alimentar a carga não voltou pelo outro borne, não tem nada conectado ali. Então ele deduz que essa corrente vazou em algum lugar ou passou por outro caminho (no caso ela voltou pelo neutro que tá fora do DR) então ele atua indicando que houve uma fuga dessa corrente para outro lugar, por isso o DR é tão importante numa instalação.

Ok, mas depois de aprender isso tudo, voc√™ deve t√° se perguntando: Ent√£o pra que vem indicando o ‚Äúborne N‚ÄĚ no DR se ele funciona de v√°rios jeitos diferentes?

Simplesmente porque quando há o neutro presente na instalação ele se torna um ponto de referência para o dispositivo no caso de fuga de corrente, afinal o neutro tende a 0 volts.
Na pr√°tica, se voc√™ est√° instalando um DR numa rede que ir√° usar o neutro √© obrigat√≥rio que voc√™ conecte esse neutro no borne N do DR, diferente disso ele pode n√£o funcionar corretamente. Caso n√£o tenha necessidade de uso do neutro, a√≠ voc√™ pode seguir as outras op√ß√Ķes de liga√ß√£o disponibilizadas no manual do equipamento, ok?
Não se esqueça disso, antes de instalar um DR leia o manual de ligação tá bem?

Adquira com 20% de desconto: Curso de NR10 Engehall

E conheça nosso curso NR35, Trabalho em Altura.

Escrito por: Marlon Pascoal Pinto

Instrutor de Normas Regulamentadoras
Engenheiro Eletricista/Segurança do Trabalho
Crea: 172.438/D MG

Aprenda os 3 Pilares para se tornar Eletricista, agora mesmo
e de forma 100% gr√°tis.
CURSO-GRATIS

SIM! Eu quero realizar o Curso
de Eletricista Gratuito

¬© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS √Ä ENGEHALL ‚Äď Curso NR10 Online.

chevron-down