Curso NR10 | Choque Elétrico

Curso NR10 - Diferença do Choque Elétrico

Curso NR10 choque elétrico

CHOQUINHO X CHOCÃO

Em outras oportunidades, já tratamos deste assunto, mas sempre vale o retorno, pois é exatamente a polêmica que se tem em relação ao perigo da eletricidade. O popular jargão é que um choquinho não faz mal,  só serve para acordar a pessoa que o tomou. Ou então se diz “um choque 110V não tem perigo, o perigoso é um choque 220V”.

Por estas crenças populares e por uma propaganda de cerveja é que decidi voltar a este assunto. Opa espere aí, o que a cerveja tem a ver com o risco de eletricidade? Calma, a cerveja em si não tem nada a ver com o risco da eletricidade e sim uma propaganda que esta sendo veiculada na televisão que mostra alguns jovens abrindo uma geladeira para pegar a cerveja e levam choques elétricos. É fato que a propaganda visa a cerveja, mas é fato também que pode ser um incentivador para que as pessoas continuem tratando o choque elétrico (neste caso o choquinho) como um fator comum em nossas vidas e que não acontecerá nada a mais além de um susto.

Vamos tentar mostrar qual a diferença de um choquinho e um chocão: o choque elétrico se dá pela diferença de potencial entre dois pontos. No caso da maioria dos choques elétricos que conhecemos esta diferença de potencial esta entre uma estrutura metálica energizada por um determinado potencial (pode ser 110, 220, ou qualquer outra tensão) e a terra, o qual nos referimos como “Zero”. Esta diferença causa a movimentação de elétrons pelo condutor (no caso o corpo humano) transferindo os elétrons de um potencial para outro. Esta movimentação de elétrons é chamado de corrente elétrica e depende da resistência do corpo que a conduz.

Um estudo realizado pela IEC ( comitê Internacional de Eletrotécnica) mostrou que uma corrente de 30mA (observe que este valor é 1500 vezes menor que a corrente que passa por um chuveiro elétrico) passando pelo coração de um ser humano pode causar parada cardíaca e levar a pessoa a morte. Se fizermos um exercício simples de 110V aplicado a um corpo humano com resistência aparente de 2500 ohms (unidade de medida da resistência) veremos que por este corpo pode passar uma corrente de 44mA, ou seja, maior que o valor estimado como limite do corpo para um choque elétrico. Neste caso um choque 110V é também perigoso e pode matar.

Portanto qualquer choque, seja choquinho ou chocão é um perigo para os usuários, e esta condição deve ser eliminada de imediato. Se você tem na sua casa algum equipamento que esteja dando um choquinho, desligue ele e peça o conserto imediatamente, também verifique a instalação elétrica, pois a instalação não deveria permitir que um equipamento com defeito desta natureza continuasse energizado. Não se arrisque. Eletricidade é coisa séria e pode matar.

Eng. Edson Martinho

CURSO DE NR10 ONLINE E PRESENCIAL